“CISOs não podem renunciar à IA Generativa”, diz IBM

De acordo com dados recolhidos pela empresa, 84% das direções executivas no mundo deverão priorizar soluções de Segurança com Inteligência Artificial Generativa embarcada. Na visão dos líderes da companhia, o uso desse recurso está próximo de atingir maturidade, com aplicações além da detecção e resposta a incidentes