Regulador de privacidade ameaça Facebook com ação

Órgão do Reino Unido informou que a companhia havia concordado em suspender a utilização de dados do WhatsApp de usuários britânicos

Compartilhar:

O órgão regulador de privacidade britânico ameaçou o Facebook com uma ação de execução se a rede social usar dados do WhatsApp sem conhecimento dos usuários, acrescentando que a empresa tinha concordado em suspender a utilização de dados dos usuários britânicos.

 

O Escritório do Comissariado de Informação (ICO, na sigla em inglês) disse em agosto que iria monitorar a primeira mudança de política de privacidade do WhatsApp desde que foi adquirido pelo Facebook, sob a qual compartilhará dados dos usuários com sua empresa controladora.

 

“Nós acreditamos que os consumidores merecem um nível maior de informação e proteção, mas até o momento o Facebook não concordou”, disse a chefe do ICO, Elizabeth Denham, em comunicado.

 

* Com informações da Agência Reuters

 

Destaques

Colunas & Blogs

Conteúdos Relacionados

Security Report | Mobile

Mais da metade dos brasileiros não usa senha em smartphones

Pesquisa mostra que 53% dos usuários não protegem seus dispositivos móveis e apenas 21% usam soluções antirroubo; transações bancárias por...
Security Report | Mobile

FakeSpy rouba dados a partir de SMS em smartphones Android

Malware controla remotamente dispositivos infectados e pode servir como vetor para trojan bancário; através de link em mensagem de texto,...
Security Report | Mobile

Falso voucher para a Páscoa afeta usuários em redes sociais

Ameaças disseminadas via WhatsApp e Facebook prometem descontos de até R$ 800 para compra de chocolates em redes varejistas e...
Security Report | Mobile

Hackers aproveitam promoção de varejista para aplicar golpe

Ação de marca de produtos cosméticos daria amostra de creme aos usuários cadastrados; cibercriminosos desenvolveram esquema que sinalava vítimas para...