“É impossível não optar por segurança em plataformas de dados”, diz CTO da Pure Storage

Nova estratégia defendida pelos executivos da companhia é direcionar a empresa em favor de manutenção de integridade e monitoramento preventivo. Ação reflete nova tendência no mercado de armazenamento de dados, mais perceptivo às demandas crescentes por proteção

Compartilhar:

Manter a proteção de dados atualizada já não é mais um trabalho exclusivo dos fornecedores de Cibersegurança ativos no mercado. Neste momento, vendors de storage perceberam a necessidade dos clientes e estão investindo mais em estratégias de recuperação e prevenção aos incidentes cibernéticos.

Essa realidade já alcançou a estratégia corporativa da Pure Storage. A companhia decidiu seguir os feedbacks de parceiros em seu portifólio e agora avança sobre armazenamento imutável e processamento de snapshots, de modo a detectar incidentes tecnológicos e formar resiliência mais eficiente.

Na visão das lideranças da companhia, não há mais como fugir dessa demanda da própria realidade Cyber. Assim, apesar de esse não ser o core business da Pure, a organização entende ser necessário contribuir com os clientes através da redução da complexidade de data protection.

“Especialmente hoje, há regulações em muitos países buscando evitar recuperações demoradas dos dados, assim como as operações internas não podem permanecer suspensas por tempo demais. Criar métodos de Segurança imutáveis aos usuários enquanto os registros estiverem válidos se tornou um padrão de negócios”, explica o Field CTO da Pure Storage EMEA, Fred Lherault, em entrevista à Security Report.

O executivo comenta que atuar nesse setor de Segurança da Informação envolve valorizar a importância dos dados para a continuidade das empresas, ajudando os clientes a formarem ambientes de proteção e análise mais consistentes. Lherault cita parcerias e colaborações com profissionais na área como fundamentais em um trabalho bem-feito, sustentado por expertise adequada.

Nesse sentido, o Vice-presidente LATAM da Pure Storage, Wilson Grava, reforça que os registros são usados em todos os andares das corporações, tanto em redes, como em servidores, softwares, operações, entre outros. Portanto, se um desses locais acaba comprometido, as informações usadas para alimentar aquele campo automaticamente estarão em risco.

Devido a isso, a fornecedora de armazenamento pretende continuar avançando nessa estratégia com o objetivo de agregar também noções de prevenção a incidentes, cobrindo toda a trilha estabelecida pelo NIST como melhor forma de enfrentamento de ameaças capazes de comprometer dados, como ransomware ou métodos de data leak.

“Hoje em dia, apenas preservar ambientes imutáveis é essencial, mas insuficiente. As empresas devem se atentar mais à deteção e identificação de riscos em potencial, gerando mais resiliência diante de crises cibernéticas. Nosso grande diferencial nisso é a proatividade em alertar o cliente sobre qualquer suspeita sobre a superfície monitorada”, explicou Grava.

Futuro do projeto e contato com Cyber Security

Os C-Levels da Pure Storage veem nessa tendência uma transformação em constante progressão no futuro. Assim, o Field CTO alerta não haver mais como deixar de tratar de SI em um contexto de armazenamento de dados, pois esses sistemas precisam estar preparados para detectar novas ameaças e responder a elas rapidamente, evitando danos às operações de negócio.

“Nosso objetivo é estar onde o dado está preservado, ofertando tudo de necessário a ele. E hoje, a Cibersegurança se tornou uma necessidade mandatória. Não podemos mais nos dar ao luxo de construir plataformas sem um mínimo de segurança embarcada, e seguindo essa percepção, Cyber se tornou parte do que fazemos”, disse Fred Lherault.



Da mesma forma, construir relacionamentos mais estreitos com o setor de SI em geral e seus profissionais executivos está na ordem do dia para a vendor. O objetivo é auxiliar o mercado a estabelecer padrões mais robustos de proteção. “Manter informações resilientes é parte da trilha de Segurança atualmente. Portanto, criar monitoramento eficiente e os dados íntegros são a nossa forma de contribuir com essa necessidade”, encerrou o executivo.


Destaques

Colunas & Blogs

Conteúdos Relacionados

Security Report | Destaques

ATUALIZADO: Linha do tempo destaca ataques mais recentes

Painel de incidentes foi atualizado com os casos envolvendo a Polícia Federal, a Toyota Brasil, o Sistema de Administração Financeira...
Security Report | Destaques

Novos highlights da RSA: Da Soberania à solidariedade Digital

Fernando Galdino, diretor de Portfólio & Estratégia da SEK, fala à Security Report sobre os pontos mais importantes debatidos na...
Security Report | Destaques

CISOs buscam ocupar novos espaços na empresa

Já é demanda antiga do setor de Cyber alcançar um grau de relevância maior nas organizações, mas agora, com o...
Security Report | Destaques

Polícia abre investigação contra esquema de golpes cibernéticos

A operação se deu essa semana na cidade de Imperatriz, no Maranhão, segundo informou nota divulgada pela corporação. As primeiras...