[bsa_pro_ad_space id=3 delay=8]

Google remove jogos com malware da Play Store

Aplicativos disponíveis para crianças e adultos, baixados entre 3 e 7 milhões de vezes, continha malware “AdultSwine” e exibia anúncios pornográficos, enganando usuários para comprarem serviços premium

Compartilhar:

O Google, da Alphabet, disse nesta sexta-feira (12) que retirou 60 aplicativos de jogos após a empresa de segurança Check Point dizer ter descoberto novos malwares nos aplicativos disponíveis para crianças e adultos na Google Play Store.

 

O malware exibiu anúncios pornográficos e tentou enganar os usuários para comprarem serviços premium, segundo o Check Point.

 

“Removemos os aplicativos da Play Store, desabilitamos as contas dos desenvolvedores e continuaremos a fazer fortes alertas para qualquer um que os tenha instalado”, disse um porta-voz do Google.

 

O malware “AdultSwine” se esconde dentro de aplicativos de jogos que dados da Google Play dizem ter sido baixados de 3 a 7 milhões de vezes.

 

Os aplicativos não faziam parte da seleção familiar, que é baseada em um programa para ajudar os pais a descobrir conteúdos adequados à idade na Play Store.

 

O Google esclareceu que os anúncios inadequados dentro dos aplicativos não eram anúncios da empresa.

 

O malware também tentou enganar usuários na instalação de aplicativos de segurança falsos, o que podia dar acesso a outros ataques, disse a Check Point.

 

A empresa disse que os jogos e aplicativos destinados a crianças são um novo alvo para criminosos cibernéticos que anteriormente visavam hospitais, empresas e governos.

 

“O elemento mais chocante deste malware é a capacidade de fazer anúncios pornográficos para aparecer sem aviso prévio na tela sobre o aplicativo de jogo”, afirmou.

 

Os jogos incluíram “Paw Puppy Run Subway Surf”, “Shin Hero Boy Adventure Game”, “Drawing Lessons Lego Ninjago” e “Addon Sponge Bob for MCPE”.

 

A Check Point disse esperar que o AdultSwine e malwares parecidos fossem repetidos e imitados por hackers, alertando os usuários para estarem mais atentos na instalação de aplicativos, especialmente aqueles utilizados ​​por crianças.

 

* Com informações da Agência Reuters

 

Conteúdos Relacionados

Security Report | Mobile

Mais da metade dos brasileiros não usa senha em smartphones

Pesquisa mostra que 53% dos usuários não protegem seus dispositivos móveis e apenas 21% usam soluções antirroubo; transações bancárias por...
Security Report | Mobile

FakeSpy rouba dados a partir de SMS em smartphones Android

Malware controla remotamente dispositivos infectados e pode servir como vetor para trojan bancário; através de link em mensagem de texto,...
Security Report | Mobile

Falso voucher para a Páscoa afeta usuários em redes sociais

Ameaças disseminadas via WhatsApp e Facebook prometem descontos de até R$ 800 para compra de chocolates em redes varejistas e...
Security Report | Mobile

Hackers aproveitam promoção de varejista para aplicar golpe

Ação de marca de produtos cosméticos daria amostra de creme aos usuários cadastrados; cibercriminosos desenvolveram esquema que sinalava vítimas para...