Empresas de tecnologia pedem aumento de privacidade em celulares

Companhias do Vale do Silício, como Facebook, Apple, Twitter e Snap, bem como a operadora de telefonia Verizon, apresentaram à Suprema Corte dos EUA um relatório sobre a necessidade de a polícia conseguir mandados judiciais antes de obter dados que revelam localização de usuários

Compartilhar:

Mais de uma dezena de empresas de tecnologia e a maior operadora de telefonia dos Estados Unidos, a Verizon Communications, solicitaram que a Suprema Corte dos Estados Unidos dificulte o acesso de autoridades governamentais a dados de celulares.

 

As companhias apresentaram um relatório ao tribunal na noite de segunda-feira (14) em uma disputa sobre se a polícia deveria conseguir um mandado antes de obter dados que pudessem revelar a localização do usuário de um celular.

 

Assinado por alguns dos principais nomes do Vale do Silício, como Apple, Facebook, Twitter, Snap e Google, da Alphabet, o documento afirma que, conforme os dados dos usuários são cada vez mais coletados por dispositivos digitais, mais medidas de proteção de privacidade são necessárias.

 

O caso ocorre em meio a uma crescente revisão das práticas de vigilância das agências de segurança e inteligência dos Estados Unidos e das preocupações entre parlamentares norte-americanos sobre as liberdades civis.

 

As empresas disseram em seu relatório que a Suprema Corte deveria esclarecer que quando se trata de dados digitais que podem revelar informações pessoais, as pessoas não devem perder proteção contra a invasão do governo “simplesmente escolhendo usar essas tecnologias”.

 

* Com informações da Agência Reuters

 

Destaques

Colunas & Blogs

Conteúdos Relacionados

Security Report | Mobile

Mais da metade dos brasileiros não usa senha em smartphones

Pesquisa mostra que 53% dos usuários não protegem seus dispositivos móveis e apenas 21% usam soluções antirroubo; transações bancárias por...
Security Report | Mobile

FakeSpy rouba dados a partir de SMS em smartphones Android

Malware controla remotamente dispositivos infectados e pode servir como vetor para trojan bancário; através de link em mensagem de texto,...
Security Report | Mobile

Falso voucher para a Páscoa afeta usuários em redes sociais

Ameaças disseminadas via WhatsApp e Facebook prometem descontos de até R$ 800 para compra de chocolates em redes varejistas e...
Security Report | Mobile

Hackers aproveitam promoção de varejista para aplicar golpe

Ação de marca de produtos cosméticos daria amostra de creme aos usuários cadastrados; cibercriminosos desenvolveram esquema que sinalava vítimas para...