Brasileiros consideram WhatsApp o app de mensagens mais confiável

Pesquisa Datafolha, sobre os hábitos dos brasileiros com aplicativos, mostra que 94% dos usuários entrevistados acham importante a privacidade proveniente de criptografia ponta a ponta implementada recentemente no mensageiro

Compartilhar:

Hoje, mais de 100 milhões de brasileiros confiam no WhatsApp para trocar mensagens, fazer ligações, e enviar fotos e vídeos de maneira fácil e segura com amigos, família e outras pessoas. Uma pesquisa nacional conduzida pelo Datafolha sobre os hábitos dos brasileiros com aplicativos apresentou a razão para essa enorme popularidade: as pessoas confiam no aplicativo.

 

A privacidade das mensagens, que no WhatsApp é garantida pela criptografia de ponta a ponta, é importante para 94% dos usuários do app, segundo o Datafolha. E quase seis entre cada dez usuários entrevistados (57%) disseram que acreditam que o WhatsApp tem o mais alto nível de segurança para troca de informações sensíveis como dados pessoais e financeiros. Sete entre cada 10 usuários do WhatsApp no Brasil (71%) usam o app para enviar mensagens pessoais ou confidenciais, incluindo informações particulares ou familiares, conversas de negócios, assuntos íntimos, informações sobre saúde, documentos ou dados financeiros.

 

O WhatsApp implementou seu protocolo de criptografia de ponta a ponta que codifica as mensagens do telefone do usuário imediatamente antes de serem enviadas e não são decifradas até chegarem ao dispositivo do destinatário. O WhatsApp não pode decifrar essas mensagens em trânsito. O WhatsApp não armazena o histórico de chat dos usuários em seus servidores, e uma vez que a mensagem é entregue para seu destinatário, ela fica armazenada somente no telefone dessa pessoa. Isso permite que o WhatsApp entregue uma experiência segura, rápida e confiável.

 

Além do intenso uso do WhatsApp para se comunicar com a família e amigos, a pesquisa do Datafolha mostrou que 42% dos usuários trocam mensagens com comércios, prestadores de serviço, de saúde ou gerentes de banco, entre outros. Entre os que usam WhatsApp para negócios, 59% trocam mensagens com colegas de trabalho e 27% com clientes.

 

Ao mesmo tempo, 74% dos entrevistados se declararam contra os bloqueios da justiça contra o WhatsApp.

 

O Datafolha entrevistou 2.363 pessoas de 130 cidades em todas as regiões do Brasil.

 

Conteúdos Relacionados

Security Report | Overview

Relatório alerta para o crescimento de 75% nos ataques de ransomware ao sistema Linux

Os serviços de cloud computing cresceram com o trabalho híbrido, levando a maior adesão às plataformas baseadas em Linux
Security Report | Overview

Nova era do hacktivismo em todo o mundo: tendências e mobilização pelo Estado

Anteriormente, o hacktivismo se concentrava em poucos indivíduos que efetuavam ataques DDoS e desfiguração de pequena escala; atualmente, está mais...
Security Report | Pesquisa

Tentativas de fraude devem aumentar 30% nas festas de fim de ano

Segundo estudo da ACI Worldwide, casos de roubo de identidade a partir de violação de dados ou ataques de phishing...
Security Report | Pesquisa

Setor de saúde investe em biometria para coibir fraudes

Segundo estudo do Biometric Research Group, vinculado à Universidade do Estado de Michigan, nos Estados Unidos, de cada dólar gasto...