TI exerce um trabalho de convencimento sobre orçamentos em Segurança

Cláudio Alcoforado, CIO na Engefrio e Presidente do Grupo de Gestores de TI de Pernambuco, abre o Security Leaders Norte e Nordeste com uma reflexão sobre a importância da atuação conjunta entre TI e SI para a evolução segura dos negócios

Compartilhar:

“Os gestores de TI, especialmente aqueles que atuam nas empresas de Pernambuco, têm um grande trabalho de convencimento da alta gestão para a importância dos investimentos em Segurança”, diz Cláudio Alcoforado, CIO na Engefrio e Presidente do Grupo de Gestores de TI de Pernambuco, durante abertura do Congresso Security Leaders Norte e Nordeste, que acontece hoje (25) no formato híbrido, presencial em Recife.

 

O executivo acrescenta que convencer o board a adotar ferramentas de Segurança não é uma tarefa fácil, pois o orçamento é disputado com outras demandas do negócio. “Essa aprovação é mais complexa porque é destinada a uma área que, a princípio, não apresenta problemas, mas que se for negligenciada, pode causar grandes danos”, pontua.

 

Para superar esse desafio, Claudio Alcoforado aponta alguns passos importantes que os gestores de TI podem seguir ao defender os orçamentos da Segurança: continuidade de negócio, custos das penalidades em casos de vazamento de dados, perda da reputação da marca, problemas com produtividade e inatividade de sistemas, além do custo de reparação.

 

“Ao apresentar esses temas nas reuniões administrativas, mostramos aos diretores o tamanho das perdas diante de um incidente. O impacto certamente é grande em todas essas áreas e isso nos ajuda a argumentar e defender a importância da Segurança dentro da organização”, acrescenta.

 

Claudio Alcoforado abriu o Congresso trazendo uma reflexão em como as áreas de TI e Segurança podem atuar de forma colaborativa com foco nas demandas do negócio. O maior desafio, segundo ele, é adequar a linguagem comunicativa entre as áreas, pois ao longo dos anos, o profissional de TI se especializou em gestão e a parte técnica da Segurança é um gargalo que precisa ser traduzido para os departamentos, principalmente para a diretoria.

 

“Nosso trabalho é engajar todas as áreas na causa da proteção, pois estamos falando de um tema multidisciplinar. A continuidade de negócio depende da Segurança”, completa o executivo.

 

O Congresso Security Leaders acontece hoje nas regiões Norte e Nordeste do Brasil em formato híbrido, presencial em Recife e transmitido ao vivo pela internet.

 

Conteúdos Relacionados

Security Report | Destaques

AT&T comunica acesso indevido aos dados dos clientes

Registros de chamadas telefônicas e mensagens de texto de quase todos os clientes foram baixados ilegalmente. Em nota, a companhia...
Security Report | Destaques

“Transparência é o fator-chave da relação entre SI e empresa”, afirma Gil Vega, CISO da Veeam

O atual líder de Segurança da Informação da vendor falou com exclusividade à Security Report sobre sua trajetória em diversos...
Security Report | Destaques

BRASPRESS retoma funcionamento do site oficial após ataque de ransomware

Incidente que causou a parada de diversos sistemas operacionais da companhia se deu ainda no começo dessa semana, e forçou...
Security Report | Destaques

Problemas técnicos causam perda de dados de 39 mil chaves Pix da 99Pay

Incidente ocorrido entre 26 de junho e 2 de julho desse ano foi revelado pelo próprio Banco Central do Brasil...