Tem Pokémon Go falso circulando na praça

Cibercriminosos recriaram jogo original com malware AndroRAT buscando contaminar usuários Android que procuram pelo app fora da Play Store

Compartilhar:

Quem ainda não baixou o novo game deve tomar cuidado: os criminosos cibernéticos colocaram em circulação um app malicioso que capta todo tipo de informação pessoal
A GData, fornecedor de soluções antivírus, representada no Brasil pela FirstSecurity, alerta quem ainda não baixou o Pokémon Go deve tomar muito cuidado para não baixar um app malicioso criado pelos criminosos cibernéticos para roubar todo tipo de informação pessoal dos participantes da nova brincadeira.

O Pokémon Go é um jogo para smartphones que promove a caça na realidade virtual de Pokémon pela Internet usando GPS e que em pouco tempo se tornou um fenómeno viral mundial, mesmo que ainda não esteja disponível em todos os países.

Os cibercriminosos estão usando um aplicativo oferecido fora do Google Play Store, que contém um código malicioso chamado “AndroRAT”, para infectar dispositivos móveis para coletar informações pessoais, que depois podem ser vendidas para outros criminosos ou usadas em possíveis extorsões, entre outras ações ilícitas. Aparentemente os criminosos usaram o Pokémon Go original e o “recriaram” com o malware usando ferramenta chamada DroidJack.

Destaques

Colunas & Blogs

Conteúdos Relacionados

Security Report | Mobile

Mais da metade dos brasileiros não usa senha em smartphones

Pesquisa mostra que 53% dos usuários não protegem seus dispositivos móveis e apenas 21% usam soluções antirroubo; transações bancárias por...
Security Report | Mobile

FakeSpy rouba dados a partir de SMS em smartphones Android

Malware controla remotamente dispositivos infectados e pode servir como vetor para trojan bancário; através de link em mensagem de texto,...
Security Report | Mobile

Falso voucher para a Páscoa afeta usuários em redes sociais

Ameaças disseminadas via WhatsApp e Facebook prometem descontos de até R$ 800 para compra de chocolates em redes varejistas e...
Security Report | Mobile

Hackers aproveitam promoção de varejista para aplicar golpe

Ação de marca de produtos cosméticos daria amostra de creme aos usuários cadastrados; cibercriminosos desenvolveram esquema que sinalava vítimas para...