Symantec incentiva carreira em cibersegurança

Compartilhar:

Hackers que usam suas habilidades, tecnologia e programação de computadores para ajudar as empresas a se protegerem contra ataques cibernéticos estão em alta no mercado. E, para atender à crescente demanda por especialistas em cibersegurança, a Symantec e a Science Buddies estão ajudando alunos a aprenderem mais sobre carreiras em segurança cibernética. Existem milhares de oportunidades ao redor do mundo para pessoas que conseguem pensar como um hacker, a fim de vencê-los em seu próprio jogo.

 

Um problema crescente

 

O número de ciberataques cresce a cada ano, assim como os tipos de ataques, cada vez mais sofisticados. De acordo com o  Relatório de Ameaças à Segurança na Internet (ISTR 2016), da Symantec, foram descobertos mais de 430 milhões de novos malwares em 2015, que representa um aumento de 36% em relação ao ano anterior. Ransomware, watering hole attacks, black swan events, butterfly effect e spear phishing são apenas alguns dos tipos mencionados no ISTR 2016. Estes ataques, frequentemente, têm como alvo as vulnerabilidades de dia-zero, falhas desconhecidas nos softwares, até o momento em que são usadas como porta de entrada para hackers.

 

Os números são assustadores e os riscos são reais, tanto para indivíduos quanto para empresas. Para se ter uma ideia, mais de meio bilhão de registros com informações pessoais foram acessados ou roubados por hackers em 2015, resultado de somente nove conhecidas megaviolações. O relatório aponta ainda que 39% das violações de cibersegurança documentadas no ano passado envolveram serviços de saúde.

 

Usuários pessoais de computadores devem ter o maior cuidado possível com suas práticas on-line, pois a segurança depende de cada um. Do ponto de vista das empresas, proteger-se contra hackers e impedir o roubo de dados ou interrupção do serviço não é missão simples, ao contrário, é um ponto cada vez mais crítico, à medida que mais e mais informações pessoais são armazenadas on-line e mais e mais pessoas dependem de serviços on-line.

 

Para ter sucesso, as empresas não podem simplesmente esperar por um ataque cibernético acontecer. Elas devem consistentemente procurar esses ataques e, quando possível, ficar um passo à frente dos hackers. Ou seja, é preciso trabalhar ativamente para proteger os sistemas, em busca de pontos fracos e vulnerabilidades, a fim de se prevenir contra a possibilidade de ciberataques. A melhor forma de lutar contra um hacker talvez seja com outro hacker.

Destaques

Colunas & Blogs

Conteúdos Relacionados

Security Report | Mercado

Hotéis na mira do vazamento de dados

Pesquisa da Symantec revela que sites podem vazar suas informações de reserva, permitindo que outras pessoas vejam os dados pessoais...
Security Report | Mercado

Tendências de segurança em Sistemas de Controle Industriais

Análise categoriza e classifica os riscos mais recorrentes após observação empírica; menos um terço dos riscos críticos e de alta...
Security Report | Mercado

Minsait amplia oferta de inteligência e segurança de redes com a Allot

Aliança entre as empresas tem como foco suprir a demanda do mercado de telecom brasileiro por dados analíticos com foco...
Security Report | Mercado

Boldon James lança solução de classificação de dados

OWA Classifier estende o suporte de classificação de dados do Outlook para o Microsoft Office 365