Sites do Sebrae voltam a funcionar após incidente cibernético

Ação criminosa é objeto de um inquérito policial. Equipe técnica prioriza a volta dos serviços mais urgentes, mas segue também com segurança para evitar novos episódios

Compartilhar:

Após sofrer um ataque cibernético no início desta semana afetando diretamente os serviços do órgão, os sites do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) voltaram ao ar na manhã desta sexta-feira (01), depois de quase uma semana indisponíveis aos usuários.

 

Em um dos últimos comunicados divulgado essa semana através do Twitter, o Sebrae ressaltou que estava tomando as providências para resolver a interrupção e instabilidade no sistema. Além de responsabilizar os infratores envolvidos no incidente.

 

Segundo o comunicado enviado hoje (01) para a redação da Security Report, a ação criminosa é objeto de um inquérito policial e a normalização é a prioridade para a instituição, que segue trabalhando para a volta dos serviços mais urgentes, mas também com segurança para evitar novos episódios.

 

Portal Sebrae na manhã desta sexta-feira (01)

 

Além disso, outro órgão afetado é o Tribunal Regional Federal da 3ª Região – TRF-3, que ainda segue com os serviços temporariamente indisponíveis na manhã de hoje (01).

 

Em comunicado, o TRF-3 ressaltou que não houve o comprometimento dos dados armazenados por conta do incidente e afirmou que segue trabalhando na restauração progressiva da infraestrutura tecnológica afetada. A Polícia Federal foi acionada e instaurou um inquérito. Uma equipe especializada em crimes cibernéticos também esteve no local para iniciar as investigações.

 

A Security Report disponibiliza na íntegra o comunicado oficial do Sebrae:

 

“O Sebrae, conforme anunciado publicamente em nota oficial, foi objeto de um ataque que afetou o funcionamento de suas operações. Após a detecção, foram adotadas todas as providências técnicas recomendadas em casos como este. O site da instituição retomou funcionamento nesta sexta-feira (01/04).

 

Desde segunda (28), os especialistas e técnicos trabalham 24 horas por dia para suspender a interrupção nos sistemas, realizada pelo Sebrae para barrar essa ação criminosa, que é objeto de um inquérito policial.

 

A normalização é a prioridade e está sendo tocada com celeridade nos serviços mais urgentes, mas também com segurança para evitar novos episódios.

 

A segurança cibernética é uma preocupação de todas as corporações, sejam elas públicas ou privadas. Episódios recentes, no Brasil e no mundo, mostram que o universo digital passou a ser alvo de criminosos.

 

O Sebrae segue atendendo empreendedores fisicamente, em mais de 2 mil pontos espalhados pelo país, e pelo 0800 570 0800 (telefone e WhatsApp).”

 

Conteúdos Relacionados

Security Report | Destaques

Apagão Cibernético traz lição sobre vulnerabilidade da cadeia global

A crise desencadeada pela falha na atualização do ambiente CrowdStrike mostrou como a hiperdependência de sistemas digitais pode levar a...
Security Report | Destaques

Falha em ambiente CrowdStrike provoca apagão cibernético

Diversas organizações ao redor do mundo, incluindo Linhas Aéreas, Instituições financeiras e varejistas enfrentam uma pane geral em seus sistemas....
Security Report | Destaques

SESC MG aprimora estratégia de segurança cibernética

Em parceria com a Lumu Technologies, a instituição tinha como demanda melhorar as diretrizes de Cibersegurança, superando os desafios de...
Security Report | Destaques

Procon-SP abre investigação sobre vazamento de dados na Netshoes

Devido a um incidente cibernético contra seus sistemas internos, o e-commerce de artigos esportivos alertou o mercado na última quarta-feira...