Rússia acusa especialistas em cibersegurança de traição

Advogado que representa um dos acusados afirma que autoridades russas os culpam de trair Estado e cooperar com serviços de inteligência dos EUA

Compartilhar:

Autoridades russas acusaram dois ex-funcionários do Serviço de Segurança Federal e um funcionário da companhia de segurança cibernética Kaspersky Lab por terem cometido traição no interesse dos Estados Unidos, disse Ivan Pavlov, advogado que representa um dos três acusados.

 

“Meu cliente, junto com os outros, foi acusado de traição de Estado e de cooperar com serviços de inteligência dos EUA”, disse Pavlov à Reuters em entrevista por telefone.

 

Pavlov identificou os acusados como sendo Ruslan Stoyanov, funcionário da Kaspersky, e Sergei Mikhailov e Dmitry Dokuchayev, os especialistas em segurança cibernética do Serviço de Segurança Federal.

 

Ele se negou a dizer qual dos três homens representa, dizendo somente que Stoyanov não é seu cliente.

 

* Com informações da Agência Reuters

 

Destaques

Colunas & Blogs

Conteúdos Relacionados

Security Report | Mercado

Hotéis na mira do vazamento de dados

Pesquisa da Symantec revela que sites podem vazar suas informações de reserva, permitindo que outras pessoas vejam os dados pessoais...
Security Report | Mercado

Tendências de segurança em Sistemas de Controle Industriais

Análise categoriza e classifica os riscos mais recorrentes após observação empírica; menos um terço dos riscos críticos e de alta...
Security Report | Mercado

Minsait amplia oferta de inteligência e segurança de redes com a Allot

Aliança entre as empresas tem como foco suprir a demanda do mercado de telecom brasileiro por dados analíticos com foco...
Security Report | Mercado

Boldon James lança solução de classificação de dados

OWA Classifier estende o suporte de classificação de dados do Outlook para o Microsoft Office 365