Deadbolt: novo risco para a segurança aos dispositivos conectados à rede NAS

Em comunicado, fabricante dos dispositivos afetados pede que usuários os desconectem da Internet por causa de possíveis ataques ransomware à rede

Compartilhar:

Um novo tipo de ransomware, chamado Deadbolt, fez com que a fabricante de dispositivos de armazenamento QNAP emitisse um alerta nesta semana. O comunicado informa aos usuários dos dispositivos afetados, conectados à rede NAS (Network-Attached Storage), que este ransomware está sendo direcionado a eles.

 

Sendo assim, orienta que desliguem imediatamente a conexão com a Internet e sigam o passo a passo para atualização e certificação de que não estão mais expostos.

 

“Trata-se de um alerta de extrema gravidade, pois estamos falando de uma rede conectada a dispositivos de armazenamento e gestão de dados. Sendo assim, possivelmente carregam uma gama de informações sensíveis e valiosas para as empresas e, uma vez nas mãos dos cibercriminosos, só são devolvidos mediante pagamento de resgate geralmente em criptomoedas”, destaca o CEO da PSafe, Marco DeMello.

 

Como funciona este tipo de ataque?

 

O ransomware na verdade faz parte de uma das muitas classes de softwares maliciosos usados por cibercriminosos. Ao infectar um computador ou rede, ele criptografa os arquivos que encontra ou bloqueia a capacidade do computador de usar livremente o sistema afetado.

 

Em seguida, suas vítimas recebem um pedido de resgate para decifrar e devolver as informações reféns. Os ataques de ransomware podem afetar empresas e pessoas que utilizam dispositivos pessoais (como smartphones).

 

“Neste caso específico, para atacar determinados dispositivos, há rotinas automatizadas que varrem a internet em busca de vulnerabilidades e, ao encontrá-las, o ataque pode ser iniciado”, explica Marco DeMello.

 

A maioria dos ciberataques têm sido planejada e executada utilizando I.A. “Por isso o combate também precisa ser feito por I.A. As soluções de segurança precisam estar 2, 3 passos à frente dos cibercriminosos para serem efetivas e somente esta tecnologia é capaz de garantir o bloqueio às ameaças”, conclui o CEO.

 

Conteúdos Relacionados

Security Report | Overview

Itaú Unibanco lança campanha nacional de Marketing sobre Segurança e fraudes

Filmes serão exibidos na programação da TV Globo; campanha faz parte da estratégia para posicionamento do Itaú como banco referência...
Security Report | Overview

Brasil é uma das principais origens de ataques de DoS, aponta levantamento

Relatório da ISH Tecnologia também apresenta tentativas de logins mais usadas por criminosos, entre outros dados
Security Report | Overview

27% dos ataques cibernéticos na América Latina miram infraestrutura crítica

Pesquisa da Kaspersky também revela problemas no setor de transporte e manufatura
Security Report | Overview

Paris 2024: pesquisa revela que os Jogos estão em alto risco de ciberataques

De acordo com a Unit 42, os ciberataques são as principais ameaças ao evento esportivo mais importante do ano, com...