Organização dos Estados Americanos lança livro de Cibersegurança no poder Legislativo

O livro da OEA sobre cibersegurança e tecnologias generativas recebeu patrocínio da Fortinet e reforçou o seu compromisso de ambas as instituições em contribuir com as discussões sobre a importância da segurança no ciberespaço ao nível legislativo e continuar a criar um mundo digital confiável

Compartilhar:

A Fortinet anunciou o patrocínio principal do livro “Tecnologias Generativas e o Ciberespaço na Agenda Legislativa”, que é apresentado pela Seção de Apoio às Instituições Legislativas da Secretaria para o Fortalecimento da Democracia da Organização dos Estados Americanos (OEA), pelo Cluster Fintech de Madrid Capital (MAD Fintech), pelo Centro de Estudos, Pesquisas e Prospectiva Parlamentar da Escola de Governo da Universidade Austral e pela Bussola Tech.

O livro foi lançado durante o evento “Antecipando o Futuro”, realizado pela Assembleia Legislativa da Costa Rica, e o objetivo é que ele se torne uma importante ferramenta de orientação às instituições legislativas das Américas para iniciativas que buscam regular o uso da inteligência artificial e da segurança cibernética dos cidadãos.

A publicação reúne análises e artigos de legisladores, acadêmicos, representantes de entidades internacionais, especialistas em tecnologias emergentes, em segurança cibernética, direito digital, comunicação e ciência política, e trata de temas que marcarão tendência na agenda legislativa de 2024, representando os interesses dos cidadãos no ciberespaço, legislando sobre o ecossistema digital e supervisionando as políticas públicas inerentes ao desenvolvimento tecnológico nas Américas.

Além disso, o livro traz os 10 princípios orientadores da inteligência artificial e os 10 princípios orientadores da cibersegurança aos cidadãos, que servem de apoio aos Parlamentos e aos fabricantes de tecnologia para que identifiquem um roteiro que permita o desenvolvimento e a implementação adequados de novas tecnologias em um espaço cibernético mais seguro.

Com relação à apresentação do livro, Marc Asturias, vice-presidente de Marketing e Governo da Fortinet para a América Latina, Caribe e Canadá, reforçou a importância de colaborar ativamente na conscientização e na educação em segurança cibernética, pilar fundamental para os governos.



“O nosso objetivo em colaborações como esta é que tanto o setor público como o privado estejam conscientes dos riscos associados à digitalização que estamos imersos e possam aproveitar os seus benefícios para conseguir maior acesso à tecnologia, ao mesmo tempo que mantêm a sociedade segura em um contexto tecnológico em constante evolução”, acrescentou.

Destaques

Colunas & Blogs

Conteúdos Relacionados

Security Report | Overview

68% das organizações utilizarão ferramentas com IA para combater ameaças em 2024

Os entrevistados identificaram várias maneiras pelas quais a IA poderia melhorar a postura de segurança de suas organizações. Para 67%...
Security Report | Overview

A importância da autenticação de identidade contra ataques de ransomware

Em meio ao cenário desafiador, a autenticação de identidade surgiu como uma estratégia essencial na defesa contra o ransomware, protegendo...
Security Report | Overview

SulAmérica aposta em tecnologia para redução de custos com fraudes

A operadora prevê redução de mais de 10% com a prevenção de irregularidades, que recebe, em média, mais de 5...
Security Report | Overview

Brasil é 2° lugar em fraudes no mundo e já exporta crimes

Pouca efetividade em fiscalização e baixo investimento em tecnologia consolidaram o país como um dos lugares mais perigosos no ambiente...