[bsa_pro_ad_space id=3 delay=8]

MercadoCar comunica os clientes sobre incidente cibernético

Lojas se encontram temporariamente fechadas após ataque. Apenas a unidade de Osasco já retornou com suas atividades. Em nota, o shopping de autopeças ressaltou que segue trabalhando para restabelecer os sistemas

Compartilhar:

O MercadoCar, uma rede de lojas de autopeças, comunicou na manhã desta sexta-feira (08) que foi vítima de um ataque cibernético e que por conta do incidente as lojas se encontram temporariamente fechadas, exceto a unidade de Osasco que já retornou suas atividades. Ainda em nota, a empresa ressaltou que segue trabalhando para em breve atender em todas as unidades, apesar do anúncio sobre o ocorrido, a rede não entrou em maiores detalhes.

 

A rede é referência em acessórios e peças automotivas desde 1971 e tem sede e operação na região metropolitana de São Paulo, com unidades localizadas no Tucuruvi, Guarulhos, Barra Funda, Aricanduva, Santo André, Santo Amaro e Osasco. O MercadoCar é um dos maiores varejistas de autopeças do Brasil, onde oferece aos clientes serviços como troca de óleo, pneus e bateria, além da instalação de acessórios, iluminação e borracharia.

 

Os impactos no setor varejista 

 

O setor de varejo vem sendo alvo frequente dos cibercriminosos. Nos últimos meses, grandes varejistas foram impactadas após sofrem incidentes cibernéticos, as Lojas Renner acabou ficando com parte dos sistemas indisponíveis aos usuários, no ocasião, a companhia agiu prontamente acionando seus protocolos de controle e segurança para bloquear o ataque e minimizar eventuais impactos. Após 12 dias do ocorrido, a Renner divulgou em novo comunicado que não houve qualquer evidência de vazamento de informações ou dados pessoais em nenhum dos negócios.

 

Já em fevereiro deste ano, os sites da Americanas e do Submarino também ficaram fora do ar após instabilidades e um registro de acesso não autorizado. A companhia resolveu suspender parte dos servidores do ambiente de e-commerce e acionou os protocolos de segurança. A Americanas ressaltou ainda que não houve evidências de comprometimento das bases de dados por conta do incidente.

 

O caso ganhou grande repercussão e os CISOs da Comunidade Security Leaders também se solidarizem e chamaram atenção para o tamanho do impacto de um ataque cibernético no setor, enfatizando que, em um cenário de crise como esse, a união faz a força.

 

Comunicado no site do MercadoCar – Reprodução

 

 

 

 

Conteúdos Relacionados

Security Report | Destaques

O Burnout Silencioso dos CISOs (Chief Information Security Officers)

Cada vez mais pesquisas de instituições relevantes apontam um processo acentuado de exaustão por parte dos Líderes de Segurança em...
Security Report | Destaques

AWS: Descentralização permite priorizar cultura de Segurança nas empresas

O representante de Segurança Cibernética da Amazon Web Services na América Latina, Marcello Zillo, conversou com jornalistas durante o re:Inforce...
Security Report | Destaques

Deputados do Partido Liberal são alvos de hacktivismo nas redes

No último fim de semana, membros da bancada do partido na Câmara tiveram sites oficiais e contas nas redes sociais...
Security Report | Destaques

73% das violações no mundo ocorreram por ransomware, alerta SEK

Baseada nos números gerados pelos mais de um milhão de alertas no SOC da companhia, o estudo Think Ahead Report...