Investigação sobre ferramentas da NSA foca em erro de operador

De acordo com informações obtidas pela Reuters, indícios apontam que funcionário da agência norte-americana deixou programas em um servidor remoto e hackers russos as encontraram

Compartilhar:

Uma investigação sobre vazamento de ferramentas hacker usadas pela Agência de Segurança Nacional (NSA) dos EUA assume que um operador da agência as deixou de forma descuidada num computador remoto e hackers russos as encontraram, disseram à Reuters quatro pessoas com conhecimento sobre a investigação.

 

As ferramentas, que permitem que hackers explorem falhas de software em sistemas de computadores e comunicação de fornecedores, foram jogadas em sites públicos no mês passado por um grupo que se chamam Shadow Brokers.

 

A divulgação pública das ferramentas coincidiu com a declaração de autoridades norte-americanas de que concluíram que a Rússia ou seus representantes foram os responsáveis pela ação hacker em organizações partidárias nos preparativos para as eleições presidenciais de 8 de novembro.

 

Nesta quinta-feira (22), parlamentares acusaram a Rússia de ser a responsável.

 

Várias explicações têm sido discutidas por autoridades em Washington sobre como as ferramentas foram roubadas. Alguns temiam que fosse o resultado de um vazamento similar ao do ex-prestador de serviço da NSA Edward Snowden. Outros suspeitavam que os russos poderiam ter hackeado a sede da agência.

 

Contudo, autoridades que comandam a investigação liderada pelo FBI descartam essas possibilidades, disseram as fontes.

 

Autoridades da NSA disseram a investigadores que um funcionário ou prestador de serviço cometeu o erro há cerca de três anos durante uma operação com as ferramentas.

 

Essa pessoa reconheceu o erro logo depois, afirmaram. Contudo, a NSA não informou às companhias sobre o perigo quando descobriu que as ferramentas haviam sido expostas. Desde a divulgação pública das ferramentas, as companhias envolvidas têm trabalhado para proteger os sistemas.

 

Representantes da NSA, do FBI e do gabinete do diretor da Inteligência Nacional não quiseram comentar.

 

* Com informações da Agência Reuters

Destaques

Colunas & Blogs

Conteúdos Relacionados

Security Report | Mercado

Hotéis na mira do vazamento de dados

Pesquisa da Symantec revela que sites podem vazar suas informações de reserva, permitindo que outras pessoas vejam os dados pessoais...
Security Report | Mercado

Tendências de segurança em Sistemas de Controle Industriais

Análise categoriza e classifica os riscos mais recorrentes após observação empírica; menos um terço dos riscos críticos e de alta...
Security Report | Mercado

Minsait amplia oferta de inteligência e segurança de redes com a Allot

Aliança entre as empresas tem como foco suprir a demanda do mercado de telecom brasileiro por dados analíticos com foco...
Security Report | Mercado

Boldon James lança solução de classificação de dados

OWA Classifier estende o suporte de classificação de dados do Outlook para o Microsoft Office 365