Gemalto cria cartão biométrico para pagamentos sem contato

A autenticação biométrica substitui o código PIN e habilita transações sem contato de maior valor

Compartilhar:

A Gemalto foi selecionada pelo Bank of Cyprus para fornecer o primeiro cartão de pagamento EMV biométrico de interface dupla do mundo, tanto para pagamentos de chip quanto para pagamentos sem contato. Por meio do uso do reconhecimento de impressões digitais, ao invés de um código PIN para autenticar o cartão dos assinantes, o cartão é compatível com os terminais de pagamento existentes instalados no país.

 

Quando os clientes colocam suas impressões digitais no sensor, é realizada uma comparação entre as impressões digitais digitalizadas e os dados biométricos de referência armazenados de forma segura no cartão. Ele é alimentado pelo terminal de pagamento e não requer de bateria integrada. Isso significa que não há limite de duração da bateria nem da quantia de transações

 

O cartão é baseado no princípio de que os dados biométricos devem sempre permanecer nas mãos dos usuários finais. Os clientes do Bank of Cyprus preencherão o ágil processo de cadastramento nas sucursais do banco com o tablete da Gemalto desenhado para a solução. O processo de personalização biométrica e a ativação do cartão são feitos para evitar a transmissão de dados biométricos através do ar, para garantir a proteção da privacidade dos dados dos usuários. O modelo de impressão digital captado durante o processo de cadastramento é armazenado apenas no cartão.

Conteúdos Relacionados

Security Report | Overview

CTIR Gov orienta governo a monitorar sistemas de proteção após Apagão Cibernético

Com a identificação do incidente que colheu a plataforma Falcon, da CrowdStrike, e da Microsoft, O órgão de Prevenção a...
Security Report | Overview

Incidentes de TI estão no topo dos riscos para a continuidade dos negócios, aponta pesquisa

1ª Pesquisa Nacional sobre Maturidade em Gestão de Crises e Continuidade de Negócios, apresentada no segundo trimestre deste ano, identifica...
Security Report | Overview

54% das empresas consideram erros humanos um vetor crítico de ciberataques

Estudo da ManageEngine revelou que ameaças externas ainda são a maioria entre os golpes realizados, mas falhas de funcionários preocupam
Security Report | Overview

Apenas 23% das senhas ativas exigem mais de um ano para serem decifradas

Levantamento da Kaspersky analisa 193 milhões de senhas na darknet e indica que 87 milhões delas poderiam ser descobertas em...