[bsa_pro_ad_space id=3 delay=8]

Dicas para não se tornar vítima dos cibercriminosos ao fazer compras online

Especialista alerta sobre cuidados que devem ser tomados para não ser enganado ou cair em golpes ao fazer compras online

Compartilhar:

A Black Friday já se consolidou como um evento importante que ocorre todos os anos, com uma alta taxa de participação dos consumidores. A possibilidade de encontrar promoções online geralmente faz com que os usuários baixem a guarda em relação a diferentes medidas de segurança, levando vítimas a serem enganadas ou alvo de golpes. Por isso, a ESET, compartilha uma série de dicas para se manter seguro enquanto você aproveita as temporadas de descontos.

 

“Quando estamos próximos de datas especiais para o comércio, como a Black Friday, por exemplo, o importante é ter em mente que o intuito dos ataques costumam ser sempre os mesmos, fazer com que você compre/pague algo, fazer com que você baixe algo ou coletar seus dados para que os cibercriminosos possam utilizá-los futuramente. Caso você receba algo nesses moldes, há grandes chances de se tratar de um golpe”, menciona Daniel Barbosa, especialista em segurança da informação da ESET.

 

Nesse contexto, a ESET fornece dicas para evitar cair nas armadilhas dos cibercriminosos ao fazer compras online:

 

• Faça todas as compras em lojas ou marcas com reputação comprovada e busque a opinião dos clientes sempre que possível. Isso pode ser verificado nas análises de um site de e-commerce onde a empresa atua, de amigos ou conhecidos que já compraram ali, ou de comentários nas redes sociais de clientes que comprovam a veracidade do site onde a compra será realizada.

 

• Verifique se as mensagens de marcas ou empresas sobre ofertas imperdíveis são reais. É importante ter em mente que pode ser um caso de phishing ou comunicação fraudulenta em que os cibercriminosos procuram roubar várias credenciais, dinheiro ou instalar arquivos maliciosos no computador. O principal indicador desses golpes é o remetente (seja seu endereço de e-mail, número de telefone ou usuário de redes sociais), que não é oficialmente relacionado à entidade que afirma representar.

 

• Use os sites oficiais e / ou redes sociais das lojas para fazer compras. Um dos ataques mais comuns em eventos de oferta limitada é o roubo de dinheiro ou informações de crédito por meio de sites falsos, se fazendo passar por empresas populares e aproveitando a urgência gerada nos usuários por ter ofertas e descontos por tempo limitado.

 

• Nos casos em que os pagamentos são feitos online, verifique se o site onde é realizado possui criptografia em suas comunicações. Isso significa que, ao transferir dados, eles não podem ser lidos por quem possa interceptar a conexão. Para isso, a URL do site deve começar com “https://” ou ter o famoso cadeado à esquerda.

 

 

Conteúdos Relacionados

Security Report | Overview

ANPD é formalizada como coordenadora do Sistema Nacional de Inteligência Artificial

Como órgão de coordenação do SIA, a ANPD receberá novas atribuições. Caberá à Autarquia representar o Brasil perante organismos internacionais,...
Security Report | Overview

Nova ameaça do AllaSenha no Brasil faz setor financeiro entrar em alerta

Novo método de ataque, baseado em infecção de scripts Python e uso de plataforma Azure como Comando e Controle tem...
Security Report | Overview

95% das empresas têm problemas de segurança nas APIs, apura novo relatório

Relatório Salt Security State of API destaca ecossistemas de API em rápido crescimento, o aumento da atividade de ataques e...
Security Report | Overview

Laboratório de threat intel detecta roubo de credenciais em quase 800 empresas globais

O grupo Sophos X-Ops, focado em pesquisas no cenário cibercriminoso internacional, detectou uma nova campanha de comprometimento de credenciais válidas...