Cibercriminoso invade contas e rouba mais de R$ 350 mil da Prefeitura de Belém do Piauí

Segundo o prefeito da cidade, o dinheiro roubado pertencia à Secretaria de Saúde e os recursos eram usados para custear programas do município e parte da folha de pagamento. Após o incidente, equipe interna bloqueou todas as contas bancárias do órgão e o crime foi denunciado para a Polícia Civil de Picos

Compartilhar:

O prefeito Ademar Aluísio de Carvalho (MDB), da cidade de Belém do Piauí, denunciou à Polícia Federal que mais de R$ 350 mil foram roubados das contas da prefeitura na última sexta-feira (24). Segundo Carvalho, o roubo aconteceu pela internet. O prefeito contou que estava fazendo pagamentos com a equipe econômica do órgão no dia do incidente quando, por volta das 18h, foram identificadas transferências bancárias suspeitas.

 

O valor total roubado de R$ 353,800 foi retirado das contas da Secretaria de Saúde de Belém do Piauí. Foram cinco transferências: três para pessoas físicas e duas para empresas sediadas no estado de São Paulo. “Uma pessoa da Caixa Econômica Federal ligou dizendo que estavam acontecendo algumas transferências. Bloqueamos o acesso, mas já havia ido muito dinheiro”, comentou o prefeito.

 

Em entrevista para uma emissora local, Aluísio relatou que ficou surpreso com a situação, pois a prefeitura possui várias normas, mas, elas não foram suficientes para barrar a ação do cibercrime. A conta de onde o dinheiro foi roubado pertence à Secretaria de Saúde de Belém do Piauí e os recursos eram usados para custear programas da saúde do município e parte da folha de pagamento.

 

Depois do crime cibernético, a equipe bloqueou todas as contas bancárias da prefeitura, por precaução contra novos roubos. A invasão foi denunciada para a Polícia Civil de Picos. A Caixa Econômica Federal informou que atua conjuntamente com a Polícia Federal e demais órgãos de segurança pública na identificação e investigação de casos suspeitos e na prevenção e combate a fraudes e golpes.

 

Em cumprimento à Lei do Sigilo Bancário, o resultado da análise da contestação é informado diretamente ao solicitante. “A Caixa esclarece que informações sobre supostos eventos criminosos são repassados exclusivamente às autoridades policiais e ratifica que coopera integralmente com as investigações dos órgãos competentes”, diz em nota.

 

Na manhã desta terça-feira (28), a Security Report entrou em contato com a assessoria da Prefeitura de Belém do Piauí, mas até o fechamento da matéria, não obteve retorno. A equipe de reportagem segue acompanhando o caso.

 

*Com informações do G1  

Destaques

Colunas & Blogs

Conteúdos Relacionados

Security Report | Destaques

Toyota Brasil apura possível vazamento de documentos internos

Desde o último fim de semana, grupos de threat intel presentes na Dark Web apontaram que a gangue de ransomware...
Security Report | Destaques

Soft skills são próximos passos na evolução da confiança em Cyber, avaliam CISOs

Pesquisa da consultoria Kroll aponta que os gestores corporativos confiam integralmente nas pessoas de Segurança para responder aos riscos Cibernéticos....
Security Report | Destaques

Insegurança cibernética e IA são destaques do Security Leaders em BH

O Congresso será realizado no dia 23 deste mês com discussões pautadas na imaturidade em Cyber Security e o quanto...
Security Report | Destaques

Polícia Civil do DF prende suspeitos de roubar 76 milhões de senhas pessoais e governamentais

De acordo com a corporação, os hackers chegaram a incluir todas as credenciais comprometidas em um banco de dados, visando...