[bsa_pro_ad_space id=3 delay=8]

Câmara Municipal de Salvador sofre tentativa de ataque cibernético

Em nota, o órgão explicou que foram detectados registros suspeitos de atividades na infraestrutura tecnológica que hospeda o Portal da Casa. Não houve impactos, vazamento ou indisponibilidade das informações

Compartilhar:

A Câmara Municipal de Salvador (CMS) sofreu uma tentativa de ataque cibernético, na última sexta-feira (06) por volta do meio-dia. Segundo o órgão, foram detectados registros suspeitos de atividades na infraestrutura tecnológica que hospeda o Portal da Casa.



De acordo com a entidade, a ação teria sido realizada pelo Coletivo Internacional Anonymous. Ao tomar conhecimento do ocorrido, a CMS adotou todas as providências cabíveis para o caso. “A equipe técnica da Secretaria de Tecnologia da Informação da Casa executou as medidas necessárias para restabelecimento dos serviços do portal”, enfatizou comunicado.




A equipe ainda afirmou que não houve impactos à integridade, vazamento ou à disponibilidade das suas informações, que podem ser facilmente acessadas por meio dos sistemas corporativos.



À Security Report, uma fonte relatou que um dos motivos para invasão ao portal seria por conta dos números de casos de assédio sexual nas universidades. Com isso, o ataque cibernético serviria como protesto para pedir a abertura da CPI do assédio sexual de forma nacional nas Câmaras espalhadas pelo país.



Essa não é a primeira vez que uma Câmara Municipal é comprometida. Em agosto de 2022, o órgão de Teresina comunicou uma invasão em seu site. Na ocasião, ao acessar o portal, os usuários se deparam com a mensagem de ‘Access Denied’. A entidade chegou a explicar que a equipe técnica do Legislativo Municipal estava tomando as devidas providências para que a população pudesse continuar acompanhando os trabalhos promovidos pela Casa.



Em 2021, o portal da Câmara Municipal de Belo Horizonte também saiu do ar. Por conta do incidente, o site ficou indisponível para o público externo, as reuniões regimentais foram transmitidas, em tempo real, pelo canal oficial no YouTube. “As gravações integrais das reuniões serão disponibilizadas no portal CMBH tão logo seja restabelecido o seu funcionamento”, disse nota publicada na época.



A Security Report disponibiliza o comunicado na íntegra:



“A Câmara Municipal de Salvador informa que, por volta do meio-dia desta sexta-feira (6), foram detectados registros suspeitos de atividades na infraestrutura tecnológica que hospeda o Portal da Casa.



Ao tomar conhecimento da ação realizada pelo Coletivo Internacional Anonymous, a Câmara tomou todas as providências cabíveis para o caso.



Imediatamente após a confirmação da indisponibilidade do serviço, a equipe técnica da Secretaria de Tecnologia da Informação da Casa executou as medidas necessárias para restabelecimento dos serviços do portal www.cms.ba.gov.br



A equipe técnica assegurou ainda que não houve impactos à integridade, vazamento ou à disponibilidade das suas informações, que podem ser facilmente acessadas por meio dos sistemas corporativos.”


Conteúdos Relacionados

Security Report | Destaques

Eneva aposta em assessment para construir uma infraestrutura de segurança resiliente

Em parceria com a Cisco, a empresa decidiu priorizar uma abordagem personalizada para construir uma infraestrutura sólida e robusta. Case...
Security Report | Destaques

Prêmio Security Leaders: inscrições abertas

O Prêmio mais cobiçado do mercado de Segurança da Informação e Cibernética está no ar. Líderes, Heads e CISOs podem...
Security Report | Destaques

O Burnout Silencioso dos CISOs

Cada vez mais pesquisas de instituições relevantes apontam um processo acentuado de exaustão por parte dos Líderes de Segurança em...
Security Report | Destaques

AWS: Descentralização permite priorizar cultura de Segurança nas empresas

O representante de Segurança Cibernética da Amazon Web Services na América Latina, Marcello Zillo, conversou com jornalistas durante o re:Inforce...