Bradesco aposta em IA para avisar transações suspeitas em cartões de crédito

Clientes serão comunicados pela BIA via WhatsApp. Por se tratar de um canal de fácil interação e bastante popular, banco acredita que a nova funcionalidade agilizará de maneira eficiente a comunicação

Compartilhar:

O Bradesco utilizará a BIA (Bradesco Inteligência Artificial) para alertar o cliente no momento que uma transação suspeita realizada com cartão de crédito é efetuada. As transações realizadas em lojas físicas ou e-commerce com os cartões de crédito Bradesco que geram suspeita de fraude já eram confirmadas via SMS e ligação telefônica e, gradativamente, também terão a confirmação pela BIA com mensagens via WhatsApp.

 

A identificação de operações suspeitas é fundamental para a proteção do cliente e do sistema financeiro e acontece com base em um amplo processo que envolve análise de dados, comportamentos e diversos sistemas, sendo a confirmação do cliente parte desse ecossistema de proteção.

 

Desta maneira, quando houver uma transação suspeita, o cliente receberá imediatamente a mensagem pelo WhatsApp com os dados da transação e responderá:

 

• SIM, se a transação foi efetuada por ele;

• NÃO, caso contrário.

 

Caso o portador do cartão reconheça a compra, o cartão será liberado para uso imediato. Caso contrário, o cartão será bloqueado automaticamente.

 

Por se tratar de um canal de fácil interação e bastante popular, o Bradesco acredita que a nova funcionalidade agilizará de maneira eficiente a comunicação com o cliente.

 

O Banco orienta que o cliente cadastre o número da BIA (+55 11 3335-0237) na agenda de seu telefone, confira o logo do Bradesco e o símbolo de perfil verificado no WhatsApp.

Conteúdos Relacionados

Security Report | Overview

Itaú Unibanco lança campanha nacional de Marketing sobre Segurança e fraudes

Filmes serão exibidos na programação da TV Globo; campanha faz parte da estratégia para posicionamento do Itaú como banco referência...
Security Report | Overview

Brasil é uma das principais origens de ataques de DoS, aponta levantamento

Relatório da ISH Tecnologia também apresenta tentativas de logins mais usadas por criminosos, entre outros dados
Security Report | Overview

27% dos ataques cibernéticos na América Latina miram infraestrutura crítica

Pesquisa da Kaspersky também revela problemas no setor de transporte e manufatura
Security Report | Overview

Paris 2024: pesquisa revela que os Jogos estão em alto risco de ciberataques

De acordo com a Unit 42, os ciberataques são as principais ameaças ao evento esportivo mais importante do ano, com...