Accenture surpreende e adquire a empresa brasileira Morphus

Movimento, que despertou surpresa na Comunidade de CISOs, traz como estratégia ampliar conhecimentos em investigação e defesa cibernética, além de união de forças para atender os mercados brasileiro e latino-americano

Compartilhar:

A Accenture anunciou hoje (13) a aquisição da Morphus, uma das mais reconhecidas empresas brasileiras da área de cibersegurança, focada em gestão de risco e inteligência de ameaças cibernéticas com unidades no Brasil e no Chile. Os termos financeiros não foram divulgados, mas esse movimento despertou bastante surpresa entre os CISOs da Comunidade Security Leaders por se tratar de uma aquisição que não trouxe por completo os reais motivos.

 

O tom de surpresa está baseado em aspectos importantes quando o assunto é aquisição de empresas, como carteira de clientes, presença de mercado, expertise de tecnologias ou credibilidade das companhias envolvidas. De acordo com o comunicado divulgado pela Accenture, a aquisição expande o portfólio e marca o lançamento de uma prática da Cyber ​​Industry na América Latina liderada por experientes ex-CISOs da Morphus. As novas ofertas também expandem a posição da Accenture nos mercados em crescimento nos principais grupos industriais da empresa brasileira como Mídia e TI, Serviços Financeiros, Energia, Varejo e Aviação.

 

Fundada em 2003, a Morphus tem sede em Fortaleza e escritórios em Recife, São Paulo, Rio de Janeiro e Santiago, Chile. O portfólio da empresa inclui serviços de Red Team e Blue Team; serviços de governança, risco e compliance; gestão de risco empresarial; estratégia cibernética; inteligência de ameaças; e Managed Security Services (MSS).

 

 

“Junto com as capacidades e a liderança experiente da Morphus, trabalharemos como um único time para ajudar as organizações a construir negócios com resiliência cibernética e melhor proteção do núcleo digital, tecnologias e cadeias de suprimento”, disse Paolo Dal Cin, que lidera a Accenture Security em todo mundo.

 

Com uma forte presença no Brasil e no Chile, a aquisição traz à Accenture o Morphus Labs, uma instalação de pesquisa em Fortaleza dedicada a estudos de Cibersegurança, análise de vulnerabilidades e ameaças e MSS. Isto adicionará um novo Cyber Fusion Center na capital cearense a à rede global da Accenture.

 

“Acreditamos que a Segurança e a ciência andam de mãos dadas. Com a Accenture, podemos continuar a nossa investigação sobre ameaças cibernéticas e expandir os nossos estudos avançados de SI, colaborando com especialistas em investigação em escala global. Estamos entusiasmados em servir melhor os nossos clientes, fornecendo serviços mais fortes na América Latina”, completa Rawlison Brito, CEO da Morphus.

 

Desde 2015, a Accenture Security já fez 16 aquisições. Entre elas o negócio de Serviços de Segurança Cibernética da Symantec, em janeiro de 2020, a da Real Protect, sediada no Brasil, e das empresas Cibernéticas europeias Sentor e Openminded em 2021.

 

Conteúdos Relacionados

Security Report | Destaques

Apagão Cibernético traz lição sobre vulnerabilidade da cadeia global

A crise desencadeada pela falha na atualização do ambiente CrowdStrike mostrou como a hiperdependência de sistemas digitais pode levar a...
Security Report | Destaques

Falha em ambiente CrowdStrike provoca apagão cibernético

Diversas organizações ao redor do mundo, incluindo Linhas Aéreas, Instituições financeiras e varejistas enfrentam uma pane geral em seus sistemas....
Security Report | Destaques

SESC MG aprimora estratégia de segurança cibernética

Em parceria com a Lumu Technologies, a instituição tinha como demanda melhorar as diretrizes de Cibersegurança, superando os desafios de...
Security Report | Destaques

Procon-SP abre investigação sobre vazamento de dados na Netshoes

Devido a um incidente cibernético contra seus sistemas internos, o e-commerce de artigos esportivos alertou o mercado na última quarta-feira...