[bsa_pro_ad_space id=3 delay=8]

90% dos consumidores experimentaram um aumento na fraude online nos últimos 12 meses

Levantamento aponta ainda que 80% dos entrevistados esperam que o risco de fraude aumente nos próximos 24 meses. Além disso, as empresas esperam mais opções de pagamento e novos modelos de negócios nos próximos dois anos, com pagamentos em tempo real se tornando a norma

Compartilhar:

A LexisNexis Risk Solutions divulgou os resultados de seu Estudo de Fraude de Pagamento Digital em Mercados de Alto Crescimento, uma pesquisa conduzida pela Forrester Consulting que explora o aumento de pagamentos digitais e ataques de fraude e examina o que as empresas estão fazendo para se adequar ao futuro com um melhor gerenciamento de fraudes. A pesquisa é composta por 326 tomadores de decisão da América Latina (LATAM), Europa/Oriente Médio/África (EMEA) e Ásia-Pacífico (APAC) em setores como serviços financeiros, mídia, varejo e telecomunicações.

 

Os fraudadores têm como alvo consumidores que dependem cada vez mais dos canais digitais para suas compras, entretenimento e atividades bancárias. Isso se intensificou ainda mais durante a pandemia e estimulou novas tendências de fraude. Como resultado, as empresas estão priorizando suas estratégias de prevenção de fraudes, concentrando-se na experiência digital do consumidor para reter e adquirir novos consumidores e aumentar a confiança do consumidor.

 

Principais Conclusões do Estudo da LexisNexis Risk Solutions sobre Fraude de Pagamento Digital em Mercados de Alto Crescimento: 

 

• Aumento da fraude: todos os tipos de fraude aumentaram em média aproximadamente 37% nos últimos 12 meses, enquanto nove em cada 10 entrevistados disseram que suas empresas experimentaram um aumento de fraude online no mesmo período. Golpes de pagamento de carteira digital, fraude de QR code e fraude de cripto são predominantes em todos os mercados de alto crescimento, impulsionados pela popularidade de métodos de pagamento alternativos. Fraudes de registro de contas falsas e golpes como phishing, smishing e vishing aumentaram particularmente na América Latina e na região Ásia-Pacífico.

 

• Detecção de fraudes: as senhas de uso único são o principal método de autenticação e prevenção de fraudes na região da APAC, e organizações na EMEA e LATAM estão priorizando a autenticação biométrica. No entanto, o uso de métodos de autenticação menos maduros, como senhas estáticas e verificação de dispositivo, continua predominante.

 

• Principais desafios: os obstáculos mais desafiadores na prevenção e detecção de fraudes online enfrentados pelas empresas concentram-se nas dificuldades em questões de privacidade, experiências insatisfatórias do usuário, complexidade de implementação de tecnologia e soluções ineficazes. Além disso, à medida que os consumidores exigem mais flexibilidade na escolha de pagamentos, as empresas devem implementar tipos de pagamento novos e emergentes para atender às expectativas crescentes, mas estão lutando para proteger os dados dos clientes dos vários tipos de fraudes de pagamento sofisticados. Apenas 42% das organizações participantes usam autenticação multifator. 

 

• Estar preparado para o futuro: 80% dos entrevistados em todas as regiões esperam que o risco de fraude aumente nos próximos 24 meses. As empresas esperam mais opções de pagamento e novos modelos de negócios nos próximos dois anos, com pagamentos em tempo real se tornando a norma. Os tipos de pagamento emergentes levaram a uma evolução mais rápida dos programas antifraude para se manter à frente dos maus atores que estão adaptando rapidamente seus vetores de ataque. Um número crescente de empresas indicou que também está ajudando consumidores e funcionários a identificar e prevenir fraudes, aumentando a conscientização e fornecendo treinamento contínuo.

 

“A rápida transição para transações digitais pode ser uma faca de dois gumes”, disse Pratik Choudhary, gerente de estratégia de fraude e identidade da LexisNexis Risk Solutions. “Embora melhore significativamente a experiência do consumidor, deixou muitas organizações vulneráveis a fraudes. As empresas precisam adotar métodos de pagamento mais recentes, incluindo bancos online e carteiras digitais, mas também se preparar para a sofisticação da fraude de pagamento. Com um forte gerenciamento de risco de fraude e recursos de monitoramento de fraude, as instituições em mercados de alto crescimento podem reduzir as perdas por fraude, mantendo a confiança do cliente e protegendo sua reputação, enquanto se preparam para novas regulamentações.”

Conteúdos Relacionados

Security Report | Overview

ANPD é formalizada como coordenadora do Sistema Nacional de Inteligência Artificial

Como órgão de coordenação do SIA, a ANPD receberá novas atribuições. Caberá à Autarquia representar o Brasil perante organismos internacionais,...
Security Report | Overview

Nova ameaça do AllaSenha no Brasil faz setor financeiro entrar em alerta

Novo método de ataque, baseado em infecção de scripts Python e uso de plataforma Azure como Comando e Controle tem...
Security Report | Overview

95% das empresas têm problemas de segurança nas APIs, apura novo relatório

Relatório Salt Security State of API destaca ecossistemas de API em rápido crescimento, o aumento da atividade de ataques e...
Security Report | Overview

Laboratório de threat intel detecta roubo de credenciais em quase 800 empresas globais

O grupo Sophos X-Ops, focado em pesquisas no cenário cibercriminoso internacional, detectou uma nova campanha de comprometimento de credenciais válidas...