SulAmérica aposta em tecnologia para redução de custos com fraudes

A operadora prevê redução de mais de 10% com a prevenção de irregularidades, que recebe, em média, mais de 5 mil solicitações de reembolso mensalmente

Compartilhar:

As fraudes em reembolsos de operadoras de saúde podem ter gerado um prejuízo de R$ 7,4 bi entre 2019 e 2022, de acordo com estimativa da Abramge (Associação Brasileira de Planos de Saúde). As ações mal intencionadas impactam o reajuste do plano e prejudicam a sustentabilidade do sistema de saúde suplementar como um todo. Para combater o problema e fortalecer a segurança dos beneficiários, a SulAmérica Saúde firma parceria com a idwall. Com a tecnologia e outras ações, a operadora prevê redução de custos com fraudes de mais de 10% na sua operação.

 

Por meio de soluções como a verificação documental minuciosa e a biometria facial com mecanismo de prova de vida durante a solicitação de reembolsos ou alterações cadastrais, a nova camada de proteção oferecida pela idwall previne fraudes e utilização de contas laranja. A integração da plataforma será realizada em ondas até fazer parte do cotidiano dos mais de 1,8 milhão de beneficiários da SulAmérica Saúde, que seguirão com uma  uma experiência ágil e conveniente. Atualmente, a operadora recebe, em média, mais de 5 mil solicitações de reembolso mensalmente.

 

“Além da camada de proteção oferecida pela Idwall, a SulAmérica também conta com um robô, criado internamente para identificar casos de fraudes. Quero destacar que é de fundamental importância a análise criteriosa das informações e dos dados realizados por uma equipe qualificada. Estamos constantemente aprimorando os mecanismos de busca para combater essas práticas que prejudicam de forma exponencial o setor”, ressalta Raquel Reis, CEO da SulAmérica Saúde e Odonto.

 

Para Rafael d’Ávila, CRO da idwall, a verificação de identidade, que passa pela análise de informações dos usuários em fontes de dados públicas e privadas, assegura a confiabilidade dos processos. “A digitalização do mercado impulsiona fraudes cada vez mais complexas, por isso é necessário sofisticar os mecanismos de defesa.  A plataforma all-in-one da idwall entrega Inteligência Artificial aplicada estrategicamente tanto para a prevenção de golpes, como para oferecer escalabilidade da operação, eficiência e a confiança de uma gestão de identidade centralizada”, analisa.

 

Gestão integrada de dados

 

A plataforma permite a criação de perfis centralizados dos usuários, que reúnem todas as informações coletadas desde o onboarding (processo de cadastro e entrada do usuário), e agregadas durante a jornada do cliente. Com os dados em um único ecossistema e a adoção da Inteligência Artificial para prevenção de riscos inerentes à operação, a SulAmérica Saúde ganha eficiência operacional, conexão entre diferentes unidades de a nos mais altos níveis de segurança da informação e inova com sua tecnologia própria baseada em Inteligência Artificial. Atualmente, faz parte do Laboratório de Inovações Financeiras Tecnológicas (LIFT) do Banco Central, com o objetivo de fomentar a inovação no Sistema Financeiro Nacional.

Destaques

Colunas & Blogs

Conteúdos Relacionados

Security Report | Overview

ANPD volta a defender protagonismo na regulamentação da IA

Em evento organizado pela PUC-Rio, a diretora Miriam Wimmer lembrou que a Lei Geral de Proteção de Dados atribui à...
Security Report | Overview

MPF do Brasil participa de curso internacional sobre combate à Cibercriminalidade

Treinamento teve como objetivo proporcionar novas competências práticas na investigação de crimes cometidos pela internet...
Security Report | Overview

Dark Web: ambiente profundo é o Pré-Sal do Cibercrime de dados?

Da mesma forma que a reserva petrolífera na costa brasileira se tornou essencial à economia de combustíveis fósseis do país,...
Security Report | Overview

42% dos consumidores tiveram contato com ciberataques em mobile

A pesquisa da Appdome ressalta que tanto os próprios usuários quanto pessoas próximas a eles entraram no radar do Cibercrime....