Solução para endpoints previne violações cibernéticas

Empresas podem substituir os produtos de antivírus tradicionais e permanecer em conformidade com requisitos de segurança e padrão PCI-DSS ao implementar tecnologia Traps da Palo Alto Networks

Compartilhar:

A Palo Alto Networks anuncia que os clientes que implementarem o Traps, sua oferta de proteção avançada de endpoint, irão atender à requisitos específicos de cibersegurança descritos tanto pela Lei de Portabilidade e Responsabilidade de Seguros de Saúde (HIPAA) quanto pelo Padrão de Segurança de Dados (DSS) do Setor de Cartões de Pagamento (PCI).

 

Uma análise independente da Coalfire Systems, uma empresa especializada em gerenciamento de riscos cibernéticos e serviços de compliance credenciada como Entidade Certificadora (QSA), concluiu que as empresas dos setores financeiro e da saúde podem substituir seus produtos de segurança para endpoint pelo Traps para ajudar a prevenir violações cibernéticas e continuar dentro das normas da legislação federal e dos padrões da indústria.

 

“O Traps utiliza uma abordagem multi-método para prevenir violações cibernéticas, malware avançado e exploit de dia zero para assegurar endpoints sem depender de assinaturas estáticas e eliminando a necessidade de aplicar imediatamente patches de segurança em toda a empresa. Esses recursos avançados de proteção de endpoint, com a certificação verificada de uma entidade QSA para atender aos padrões de compliance de segurança de PCI-DSS e HIPAA, tornam a substituição de produtos de antivírus pelo Traps muito mais fácil para nossos clientes da área da saúde e de serviços financeiros”, afirma Dal Gemmel, líder de marketing do Traps na Palo Alto Networks.

 

Como uma alternativa para os antivírus tradicionais, o Traps combina os métodos de detecção de malware e exploit mais efetivos do mercado para prevenir ameaças conhecidas e desconhecidas antes que possam comprometer um endpoint. É um componente fundamental da Plataforma de Segurança da Palo Alto Networks, uma plataforma integrada que permite aplicações com segurança e entrega proteção preventiva e automatizada contra invasões cibernéticas em todos os estágios do ciclo de ataques.

 

A avaliação da Coalfire foi realizada com base em testes técnicos, concepção global, arquitetura e documentação comprobatória, e entrevistas com especialistas no assunto. Foi confirmado que o Traps permite que as organizações estejam ou permaneçam em conformidade com os requisitos técnicos da HIPAA relacionados à segurança como descrito na Regra de Segurança da HIPAA e na versão 3.2 do PCI DSS.

 

Destaques

Colunas & Blogs

Conteúdos Relacionados

Security Report | Mercado

Hotéis na mira do vazamento de dados

Pesquisa da Symantec revela que sites podem vazar suas informações de reserva, permitindo que outras pessoas vejam os dados pessoais...
Security Report | Mercado

Tendências de segurança em Sistemas de Controle Industriais

Análise categoriza e classifica os riscos mais recorrentes após observação empírica; menos um terço dos riscos críticos e de alta...
Security Report | Mercado

Minsait amplia oferta de inteligência e segurança de redes com a Allot

Aliança entre as empresas tem como foco suprir a demanda do mercado de telecom brasileiro por dados analíticos com foco...
Security Report | Mercado

Boldon James lança solução de classificação de dados

OWA Classifier estende o suporte de classificação de dados do Outlook para o Microsoft Office 365