Site da Anvisa volta à normalidade após ataque cibernético

Em comunicado, Agência Nacional de Vigilância Sanitária afirma que sofreu ontem (8) ataque do tipo defacement, mas o serviço de Declaração de Saúde do Viajante, o principal alvo, segue operando nesta quinta-feira

Compartilhar:

Nesta quarta-feira (08), um dos sites da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) foi vítima de um ataque cibernético. Na página que foi diretamente afetada, os invasores colocaram uma bandeira da Argentina com a seguinte mensagem: “Não ficamos de quarentena para passear pelos seus servidores, vamos ser expulsos também?”. 

 

O alvo em questão dos cibercriminosos foi o espaço dedicado ao formulário de Declaração de Saúde do Viajante (DSV), um documento obrigatório para todos os turistas vindos do exterior que desejam entrar no Brasil por via aérea. Segundo informações, a página ficou fora do ar entre 15h35 e 17h10 desta quarta-feira.

 

Em comunicado atualizado, A Anvisa destaca que o serviço, neste momento, está operando normalmente. “Esclarecemos que o ataque foi do tipo defacement (modificação de estética da página web), não havendo, portanto, alteração de dados e impacto nos demais sistemas da Agência”, destaca o comunicado.

 

Vale lembrar que no último domingo (05), A Anvisa suspendeu o jogo entre Brasil e Argentina que aconteceria em São Paulo nas disputas pelas eliminatórias da Copa do Mundo. O motivo do cancelamento da partida aconteceu após a Anvisa entrar em campo para retirar atletas argentinos que descumpriram a exigência de quarentena prévia para entrada no país.

 

A Security Report disponibiliza o comunicado oficial na íntegra:

 

“A Anvisa informa que identificou, na tarde desta quarta-feira (8/9), um ataque cibernético no formulário de Declaração de Saúde do Viajante (DSV), mas o serviço já foi restabelecido.

 

Esclarecemos que o ataque foi do tipo defacement (modificação de estética da página web), não havendo, portanto, alteração de dados e impacto nos demais sistemas da Agência.

 

Assim que identificou o ataque, a área de segurança digital da Anvisa entrou em contato com os órgãos de segurança do Governo Federal para as ações cabíveis.

 

O formulário ficou fora do ar entre 15h35 e 17h10. O serviço, no momento, está operando normalmente. Em caso de dúvidas, entre em contato com a Central de Atendimento da Anvisa”.

 

*Com informações do portal G1

Conteúdos Relacionados

Security Report | Destaques

Apagão Cibernético traz lição sobre vulnerabilidade da cadeia global

A crise desencadeada pela falha na atualização do ambiente CrowdStrike mostrou como a hiperdependência de sistemas digitais pode levar a...
Security Report | Destaques

Falha em ambiente CrowdStrike provoca apagão cibernético

Diversas organizações ao redor do mundo, incluindo Linhas Aéreas, Instituições financeiras e varejistas enfrentam uma pane geral em seus sistemas....
Security Report | Destaques

SESC MG aprimora estratégia de segurança cibernética

Em parceria com a Lumu Technologies, a instituição tinha como demanda melhorar as diretrizes de Cibersegurança, superando os desafios de...
Security Report | Destaques

Procon-SP abre investigação sobre vazamento de dados na Netshoes

Devido a um incidente cibernético contra seus sistemas internos, o e-commerce de artigos esportivos alertou o mercado na última quarta-feira...