[bsa_pro_ad_space id=3 delay=8]

Senac lança pós-graduação em SI para 2017

Curso da instituição poderá ser realizado a distância em qualquer local do país; inscrições abertas até 2 de março

Compartilhar:

Devido aos riscos que as informações estão correndo hoje no ambiente cibernético, as empresas estão cada vez mais estruturando áreas de Segurança de TI. Para os profissionais que desejam se preparar para esse segmento, o Senac lança a pós-graduação a distância em Segurança da Informação para o primeiro semestre de 2017. O objetivo do curso é preparar profissionais para melhorar a confidencialidade, integridade e disponibilidade das informações trafegadas pelos indivíduos e empresas, a fim de construir um ambiente estritamente seguro onde a informação é o bem mais importante.

 

A nova pós-graduação tem a finalidade de formar profissionais capazes de desenvolver metodologias, processos e procedimentos para a proteção e a governança das questões de segurança da informação das organizações, de modo a aplicar padrões de mercado e políticas de segurança. “Os profissionais dessa área vêm sendo disputados por empresas. Todos querem e precisam de um profissional qualificado para proteger e administrar a segurança de todas as informações que são geradas. É uma das áreas mais propícias ao desenvolvimento de uma carreira”, afirma Vladimir Esteves, professor e coordenador do curso Segurança da Informação do Senac EAD.

 

A especialização em Segurança da Informação, ministrada pelo Senac EAD, é voltada para graduados nas áreas de computação e para interessados nesse segmento. O curso prevê diversas situações de ensino nas quais o conteúdo é trabalhado de forma contextualizada no ambiente virtual de aprendizagem.

 

Para Márcio Roberto Seraggi, coordenador das áreas de redes e infraestrutura do Senac São Paulo, a proposta do curso lançado é abrangente e está dividida em três blocos de conhecimentos. “Eles começam com os aspectos gerais da segurança da informação em redes computacionais, dispositivos wireless e cloud”. Em seguida, complementa Seraggi, o curso aborda a “organização da informação”, visando definir políticas e procedimentos voltados à segurança da informação, que incluem auditorias, criptografias e forense computacional. “A grade é finalizada com todos os aspectos ligados à gestão da segurança da informação, complementada com gestão de riscos e continuidade dos negócios”, descreve o especialista da instituição.

 

Durante a especialização a distância, os conhecimentos prévios dos alunos também são aproveitados como ponto de partida para a construção de novos aprendizados. Nesta modalidade do Senac, é preciso realizar uma avaliação presencial por semestre no polo escolhido no momento da matrícula. Há polos presenciais para a oferta EAD em todo território nacional, atualmente são 289 polos em todo país. Além da capilaridade da rede, a instituição é pioneira no ensino a distância, desde 1947, e foi avaliada com nota máxima (5) do MEC.

 

Pós-graduação

Os 26 cursos a distância, sendo quatro deles novos (Cloud Computing, Segurança da Informação, Inovação e Empreendedorismo em Negócios Turísticos Sustentáveis, e Gestão de Saúde), são ideais para quem não dispõe de tempo para deslocamento e precisam de mais flexibilidade no estudo. O Senac conta com a maior rede de ensino a distância do país, com 289 polos em todos os estados brasileiros.

 

Conteúdos Relacionados

Security Report | Mercado

Hotéis na mira do vazamento de dados

Pesquisa da Symantec revela que sites podem vazar suas informações de reserva, permitindo que outras pessoas vejam os dados pessoais...
Security Report | Mercado

Tendências de segurança em Sistemas de Controle Industriais

Análise categoriza e classifica os riscos mais recorrentes após observação empírica; menos um terço dos riscos críticos e de alta...
Security Report | Mercado

Minsait amplia oferta de inteligência e segurança de redes com a Allot

Aliança entre as empresas tem como foco suprir a demanda do mercado de telecom brasileiro por dados analíticos com foco...
Security Report | Mercado

Boldon James lança solução de classificação de dados

OWA Classifier estende o suporte de classificação de dados do Outlook para o Microsoft Office 365