Procon-SP notifica Itaú e pede explicações sobre instabilidades em aplicativo

Entre as explicações exigidas pelo órgão, o banco deve esclarecer quando constatou o problema, quais providências e protocolos de segurança foram implementados e se houve algum tipo de comprometimento das informações. Aplicativo voltou a funcionar para os clientes na noite desta quinta-feira (03)

Compartilhar:

O Itaú Unibanco enfrentou algumas instabilidades em seu site e aplicativo na manhã de ontem (03). Muitos clientes reclamaram que foram feitos saques não identificados, enquanto outra parcela de usuários aponta a entrada de dinheiro não especificado. Diante do ocorrido, o Procon-SP notificou o banco e pediu explicações sobre a instabilidade no site, aplicativo e outros serviços da instituição financeira.

 

O Grupo Itaú deverá esclarecer quando constatou o problema; qual a previsão de regularização; quais providências e protocolos de segurança foram implementados; se o banco de dados da empresa foi afetado e que tipo de informações foram comprometidas.

 

Também foram solicitadas explicações sobre quais serviços de atendimento foram atingidos e quantos consumidores, afetados; que tipo de transações e operações foram e ainda estão comprometidas; quais os impactos para o consumidor; quantas reclamações foram registradas nos canais da empresa e se esses consumidores estão sendo direcionados para canal específico de atendimento.

 

O Procon-SP também pede explicações sobre como o consumidor poderá exercer direitos como contestação de saques, pagamento de encargos por falta de pagamento de débitos, por conta de falta de acesso à conta e demais demandas decorrentes da indisponibilidade do sistema. Além de informações sobre quais canais alternativos foram disponibilizados.

 

No final do dia desta quinta-feira, o aplicativo do Itaú voltou a funcionar com a seguinte mensagem aos usuários: “Prezados clientes, ao longo do dia tivemos interrupções nos nossos serviços. Informamos que voltamos à normalidade. Você pode realizar suas transferências por PIX até a meia-noite. Os pagamentos de boletos também poderão ser feitos até às 23h00h. Pedimos desculpas pelo transtorno.”

 

Os esclarecimentos deverão ser prestados ao Procon-SP até o dia 7 de março.

 

*Com informações do Procon-SP

 

Conteúdos Relacionados

Security Report | Destaques

Sistema de Informações do Ministério da Gestão sofre ataque cibernético

O Sistema Eletrônico de informações é responsável por gerir documentos e processos digitalizados, visando promover a eficiência administrativa. Em nota,...
Security Report | Destaques

Polícia Federal abre operação contra ciberataque e fraude na Caixa

Incidente ocorreu em 2020, quando 150 contas bancárias titularizadas de 40 prefeituras pelo país tiveram transações irregulares. Em nota, a...
Security Report | Destaques

Ataque DDoS foi movido por grupo hacktivista, confirma Universidade do Amapá

Incidente ocorrido esta semana havia paralisado as operações digitais da instituição por meio de aumento do tráfego malicioso. Em nota,...
Security Report | Destaques

Bug no controle de falhas possibilitou atualização ruim do Falcon, diz relatório

Em reporte preliminar pós-incidente divulgado hoje (24), a companhia ofereceu mais detalhes do que possibilitou o incidente que paralisou diversos...