[bsa_pro_ad_space id=3 delay=8]

PMEs estão em perigo

Cerca de 60% dos ataques são contra elas e metade delas fecha num período de seis meses após serem atingidas por um ciberataque

Compartilhar:

As PMEs não são apenas alvos do cibercrime – são os mais afetados. Cerca de 60% dos ciberataques são contra pequenas e médias empresas, segundo os dados da última pesquisa “The State of SMB Cybersecurity”, publicada pelo Ponemon Institute. As estatísticas do setor estimam que metade delas, quando atingidas por um ciberataque, fecha num intervalo de seis meses após a ocorrência. E como esses ataques evoluem e elas nem sempre, a consequência é que elas ficam cada vez menos preparadas.

 

Segundo a pesquisa, funcionários negligentes, prestadores de serviços e terceirizados causam a maior parte dos vazamentos de informação. No entanto, quase 1/3 das empresas não consegue sequer determinar a origem do problema. Na opinião de Glenn Taylor, gerente para PMEs da Avast, empresas de menor porte não têm o poder financeiro das grandes nem experiência e os recursos das organizações maiores.

 

A cibersegurança não parece desempenhar um papel muito importante nos orçamentos de TI das PMEs. De acordo com a pesquisa, pessoal, tecnologias e orçamentos são insuficientes para manter uma forte postura de segurança. Para se ter uma ideia, 59% das empresas com menos de 500 funcionários não tinham acesso a um especialista em segurança e 66% não têm treinamento nem certificações.

 

As PMEs aparentemente acreditam que elas são muito menos vulneráveis do que os fatos indicam. Cerca de 77% dos entrevistados acham que a empresa está imune à ciberameaças e 66% não estão preocupadas com ameaças externas nem internas.

 

“É muito difícil para uma só pessoa fazer segurança, porque em geral ela tem de fazer todas as outras tarefas na TI da empresa”, disse Peter Tsai, analista sênior de TI da Spiceworks. Mesmo em empresas menores, “a segurança é quase um trabalho em tempo integral e é realmente difícil proteger adequadamente sua rede se você não tiver os recursos certos”.

 

 

Conteúdos Relacionados

Security Report | Destaques

ALLOS eleva maturidade em Segurança Cibernética com jornada tecnológica

Em parceria com a NetSecurity, a administradora de shoppings conseguiu integrar e automatizar processos, proporcionando uma resposta eficaz a incidentes...
Security Report | Destaques

Eneva aposta em assessment para construir uma infraestrutura de segurança resiliente

Em parceria com a Cisco, a empresa decidiu priorizar uma abordagem personalizada para construir uma infraestrutura sólida e robusta. Case...
Security Report | Destaques

Prêmio Security Leaders: inscrições abertas

O Prêmio mais cobiçado do mercado de Segurança da Informação e Cibernética está no ar. Líderes, Heads e CISOs podem...
Security Report | Destaques

O Burnout Silencioso dos CISOs

Cada vez mais pesquisas de instituições relevantes apontam um processo acentuado de exaustão por parte dos Líderes de Segurança em...