[bsa_pro_ad_space id=3 delay=8]

Mudanças afetaram a McAfee?

Em entrevista exclusiva à Security Report durante o Focus 2016, que acontece esta semana em Las Vegas (EUA), Brian Dye, VP e gerente geral de Produtos da Intel Security, explica se mudanças recentes afetaram a imagem da marca

Compartilhar:

As frequentes mudanças pelas quais McAfee e Intel Security passaram nos últimos anos comprometeram a visão dos clientes sobre a companhia? Na opinião de Brian Dye, VP e gerente geral de Produtos da Intel Security, a resposta é não e ele explica o porquê em entrevista exclusiva à Security Report durante o Focus 2016, que acontece esta semana em Las Vegas (EUA).

Security Report: Tantas mudanças ao longo dos últimos anos afetaram a companhia?

Brian Dye: Não afetaram, porque os clientes entenderam nossos anúncios. Nós entregamos muitos produtos e mantivemos nossos compromissos. Estamos trabalhando em novas soluções e mantendo nosso roadmap. Então o impacto para os clientes não existiu.

 

SR: Qual o feedback dos clientes sobre o retorno da marca McAfee?

BD: Os clientes sentem que existe uma conexão com a marca, uma conexão tradicional. Portanto, acredito que eles tenham visto a mudança como extremamente positiva.

 

SR: O nome McAffe é mais forte do que o nome Intel Security?

BD: Não se trata de ser mais forte, o brand Intel está presente na organização, nós ainda somos funcionários da Intel Corporation Security. Entretanto, em pesquisas realizadas o brand McAfee sempre aparece à frente da marca Intel Security no segmento de segurança.

 

SR: Atualmente existem muitas companhias no segmento de segurança. Como esta vendo essa competição?

BD: Natural que um mercado tão atraente tenha tantos competidores mas acredito que ele sofrerá um processo de acomodação. Já estamos vendo isso com tantas aquisições em curso. Acredito que o mercado irá se consolidar naturalmente.

 

SR: Hoje toda empresa de segurança tem um foco principal. Qual o foco principal da McAfee?

BD: Eu diria que integração é um foco principal. Temos soluções que vão do endpoint ao cloud, mas acredito que a integração entre todas essas soluções e a automação dos processos sejam a principal estratégia. Estamos oferecendo uma arquitetura aberta que vai permitir essa integração e automação.

 

SR: O ransomware é hoje a principal ameaça?

BD: Eu diria que se trata da ameaça mais presente hoje nas empresas, principalmente nas pequenas e médias que não possuem uma estrutura de segurança mais madura e não contam com um time de segurança, como um CSO, por exemplo. Mas as empresas não devem se desesperar porque existe tecnologia para fazer frente a esses ataques.

 

SR: Num futuro próximo, antivírus e firewall irão desaparecer do cenário de cibersecurty?

BD: Não acredito. A proteção precisa ser feita em vários níveis e acredito que sempre será necessária uma proteção básica que essas tecnologias se propõem a fazer.

 

SR: As vulnerabilidades do IOT tendem a se tornam os ataques mais temidos no futuro?

BD: A Internet das Coisas traz vulnerabilidades por isso entendemos que uma estratégia de proteção que leve em conta o ambiente de endpoints é a melhor maneira de fazer frente às ameaças atuais e futuras.
*Graça Sermoud viajou para Las Vegas a convite da Intel

Conteúdos Relacionados

Security Report | Destaques

AWS: Descentralização permite priorizar cultura de Segurança nas empresas

O representante de Segurança Cibernética da Amazon Web Services na América Latina, Marcello Zillo, conversou com jornalistas durante o re:Inforce...
Security Report | Destaques

Deputados do Partido Liberal são alvos de hacktivismo nas redes

No último fim de semana, membros da bancada do partido na Câmara tiveram sites oficiais e contas nas redes sociais...
Security Report | Destaques

73% das violações no mundo ocorreram por ransomware, alerta SEK

Baseada nos números gerados pelos mais de um milhão de alertas no SOC da companhia, o estudo Think Ahead Report...
Security Report | Destaques

Eneva e Allos são Cases em destaque no Security Leaders Rio

O Congresso será realizado no dia 20 de junho na cidade maravilhosa e com discussões pautadas em maturidade cibernética a...