Mozilla investe em segurança de software abertos

Parte do programa de apoio MOSS tem financiamento inicial de US$ 500 mil e oferecerá auditoria, correção e verificação de projetos-chave

O software aberto é utilizado por muitos empresários e instituições governamentais para aplicações e serviços. Tendo em vista a importância da segurança deles, a Mozilla criou o Fundo Secure Open Source (SOS) para oferecer auditoria de segurança, correção e verificação de projetos-chave de software em código aberto. O Fundo é parte do programa de apoio Mozilla Open Source (MOSS) e tem financiamento inicial de US$ 500.000.

A Mozilla irá contratar e pagar empresas especializadas em segurança para auditar o código de outros projetos, apoiar e implementar correções e pagar o trabalho de remediação para garantir que todos os erros identificados sejam corrigidos. “Software abertos estão cada vez mais nas infraestruturas críticas e nós precisamos investir para mantê-los seguros. Esforços como o Fundo SOS são importante para fazer isso acontecer”, afirma Matthew Green, professor assistente de ciência da computação no Instituto de Segurança da Informação Johns Hopkins.

Destaques

Colunas & Blogs

Conteúdos Relacionados

Security Report | Overview

Volume total global de malware cresceu 11% no último ano, aponta relatório

Relatório ainda aponta que os números globais de ransomware tiveram quedas de 36%. Ainda assim, durante os meses do verão...
Security Report | Overview

Em 2023, ciberataques na nuvem aumentaram 75%

Ainda segundo levantamento, o tempo médio das intrusões caiu 26% no mesmo período. A CrowdStrike afirma que uso de IA...
Security Report | Overview

Como controlar seus ativos para se preparar para a computação pós-quântica?

Previsões sugerem que nos próximos dez anos haverá 50 mil milhões de dispositivos conectados, analisando e gerando informação, dando origem...
Security Report | Overview

LockBit: grupo dominante de ransomware tem força para voltar?

Na visão de especialistas, a saída do grupo de fóruns russos de cibercrime devido à sua ética empresarial questionável colocou...