Grupo 3corações e Unifor superam gargalos de Segurança em operações

Organizações precisavam garantir mais eficiência operacional, agregando alta disponibilidade dos serviços e a segurança dos dados. Para essa jornada tecnológica, a Network Secure e a Fortinet foram os parceiros escolhidos. Case de Sucesso foi destaque no Security Leaders Regional, em Fortaleza

Compartilhar:

Atualmente, empresas e instituições de diversos segmentos visam otimizar suas operações, a fim de garantir maior eficiência operacional, além de agregar alta disponibilidade dos serviços e a segurança dos dados. O Grupo 3corações e Unifor (Universidade de Fortaleza) tiveram que superar alguns destes desafios em seus ambientes.

Para auxiliar nesta jornada tecnológica, as companhias contaram com as parcerias da Network Secure e Fortinet. No contexto do Grupo 3corações, que conta com 7 plantas industriais de fábricas de café e mais de 35 unidades espalhadas pelo Brasil, tinha como desafio trabalhar não apenas com infraestrutura, mas todo o escopo de Segurança.

“É algo essencial diante do que estamos vendo no mercado com a quantidade de ataques e como nos protegemos de todas essas ameaças”, pontua Rafael Perelli, IT Infrastructure Coordinator no Grupo 3corações, durante a edição regional do Security Leaders, em Fortaleza.

De acordo com Perelli, a quantidade de tecnologia e ferramentas de Segurança disponíveis no mercado exige melhor gestão. O Fabric (plataforma de Segurança Cibernética) da Fortinet é um pouco disso. Traz visibilidade e informações para que a gente possa tomar as decisões e que isso não traga riscos aos negócios. Embarcando tudo isso, precisamos ter também a camada física para que seja possível ter um suporte rápido e uma eficiência operacional”, explica o executivo.

A Unifor também precisou superar esses desafios, mas no escopo da educação. Segundo Eurico Vasconcelos, Diretor de Tecnologia da Unifor, a maior força da Universidade é a qualidade, seja no ensino ou na forma de lidar com as pessoas, processos e os ativos digitais. “Depois das pessoas, a pérola da Unifor são nossos ativos digitais. Então é importante que a gente os proteja na forma adequada e está no nosso planejamento estratégico e é fruto de um olhar carinhoso da gestão de TI da universidade, inclusive, pelo volume de ativos que gerenciamos e a relevância deles”, destaca Vasconcelos.

Para a superação de alguns obstáculos encontrados pelo caminho, Eurico compartilha a importância de trabalhar com empresas que possuem produtos de excelência, ele acrescenta, que a Fortinet foi exatamente essa aproximação que ocorreu de forma natural, trazendo também a confiança.

O executivo ainda concorda com o apontamento de Perelli sobre a quantidade de soluções disponíveis. “É impossível para nós que fazemos gestão de TI estarmos atualizados com tudo que o mercado oferece. São tecnologias que nascem quase que diariamente”, completa.

“Houve uma aproximação muito sinérgica que nos trouxe confiança com os parceiros. Um time de Coordenação de Infraestrutura se sentiu extremamente abraçado pela equipe e tecnicamente apoiada. Essa visão de parceiro e não de fornecedor nos leva a ter confiança”, conclui o Diretor de Tecnologia da Unifor, Eurico Vasconcelos.Yure Sabino, COO da Network Secure, celebra o sucesso dos dois projetos no palco do Security Leaders. “O Grupo 3corações fez algumas aquisições em Segurança com a fabricante Fortinet e a gente exemplifica esse processo. Trazemos também a Unifor no Security Leaders, pois temos muito orgulho em ser parceiros de uma grande universidade do Ceará, a maior do norte e nordeste”, relata Sabino. 

Por fim, Eurico compartilha que a instituição passa por uma Transformação Digital e que praticamente todos os serviços são digitais, necessitando de um maior cuidado. “Temos um fornecedor de excelência, com esse complemento que se aproxima em nos atualizar e nos deixar confortáveis com as decisões tomadas”, finaliza.



Destaques

Colunas & Blogs

Conteúdos Relacionados

Security Report | Destaques

Após 5 dias da ação do FBI, LockBit está de volta com novas estratégias de ciberataque

No sábado (24), o administrador do grupo anunciou retomada dos negócios ilícitos, reconhecendo que os sites foram bloqueados pelas polícias...
Security Report | Destaques

A queda do LockBit na visão dos CISOs

Ricardo Castro, da Clash, e Paulo Condutta, do Ouribank, acreditam que, apesar de ser importante o fato de autoridades internacionais...
Security Report | Destaques

CPFL Energia amplia estratégias de defesa cibernética em redes OT

Com apoio tecnológico da CISCO, a distribuidora de energia superou obstáculos e garantiu a implementação de 700 Subestações e Usinas...
Security Report | Destaques

Startup inglesa de SI escolhe o Brasil para expansão internacional

Os planos da Sitehop incluem um novo escritório em São Paulo, parcerias com canais de distribuição em todo o país,...