[bsa_pro_ad_space id=3 delay=8]

E se você perdesse o celular agora?

Segundo Christian Barbosa, CEO da Triad OS, baixar antivírus com recursos de privacidade dos contatos, mensagens, fotos e aplicativos, bem como ativar autenticação em duas etapas nas redes sociais e outros sites que disponibilizam, são algumas das alternativas para manter dados seguros

Compartilhar:

Já imaginou se você perdesse ou roubassem o seu celular exatamente neste momento? O que aconteceria com as suas contas nas redes sociais, arquivos e outras coisas importantes? Em casos como esse, informações preciosas podem parar nas mãos de um assaltante ou de alguém que pode clonar os seus dados e trazer muitos problemas. Mas algumas medidas podem minimizar as consequências dessa situação.

 

Hoje, temos em nossas mãos pequenos computadores, os smartphones, e por meio deles interagimos, armazenamos mensagens, fotos etc. Em cada aparelho, pode haver diversas informações tão sigilosas quanto importantes. Além disso, se você não tem uma senha no celular, alguém pode facilmente fazer publicações em seu nome nas redes sociais ou até trocar a senha da sua conta e do seu e-mail – o que tornará a recuperação dos seus dados muito mais difícil.

 

Quando se trata de tecnologia e segurança, precisamos estar sempre atentos. Será que algumas informações do seu celular podem te prejudicar ao se tornarem públicas? Cuidar-se nesse sentido é fundamental. Mas o que você pode fazer para se proteger?

 

O primeiro passo é baixar um antivírus que tenha algum recurso de privacidade. As características de privacidade possibilitam criptografar suas mensagens e bloquear seu aparelho caso você o perca, além de ter outras funções que podem te deixar mais seguro. Eu, por exemplo, utilizo um serviço que protege os meus contatos, chamadas e mensagens, e ninguém além de mim consegue acessar essas informações.

 

Outra dica é habilitar a autenticação de duas etapas nas redes sociais e e-mails. Funciona da seguinte maneira: suponhamos que alguém tente mudar a sua senha do Facebook. Ele manda, então, um SMS ou faz uma ligação para outro celular que você definiu previamente para pedir uma confirmação de alteração de senha. Se não foi você o autor da solicitação de mudança, suas informações continuarão protegidas.

 

Felizmente, hoje dispomos de ferramentas acessíveis e eficientes para garantir a proteção de nossos dados. Você já está aproveitando alguma delas?

 

* Christian Barbosa é especialista em tecnologia, administração de tempo e produtividade e CEO da Triad OS

 

Conteúdos Relacionados

Security Report | Overview

Agentes Federais se unem a gigantes da tecnologia para o primeiro exercício de segurança de IA

O objetivo da simulação foi avaliar as possíveis ameaças cibernéticas que são específicas aos sistemas de IA. Uma das principais...
Security Report | Overview

Pesquisa revela que ataques de malware se concentram em aplicativos de nuvem de telecomunicações

De acordo com levantamento, os usuários desse segmento fazem upload e download de arquivos para aplicativos em nuvem em uma...
Security Report | Overview

Cada real perdido em fraudes no Brasil custa às empresas R$ 3,59, aponta estudo

Segundo levantamento, esse golpe aumentou para 59% das organizações brasileiras no ano. Na América Latina, os canais digitais são responsáveis...
Security Report | Overview

Cibercriminosos seguem mirando senhas fracas de PMEs na América Latina

Estudo da Kaspersky mostra que mais de 37% das pequenas e médias empresas latino-americanas sofreram alguma violação de cibersegurança nos...