Como se proteger de golpes por telefone

Prática de engenharia social se adequou à era digital e cibercriminosos conseguem disfarçar números e simular centrais de atendimento para obter informações particulares das vítimas

Compartilhar:

Hackers, fraudadores, golpistas: não importa o nome, esses criminosos atuam em todo lugar. A prática não é exclusiva do Brasil e as estatísticas mostram que, nos Estados Unidos, mais de 2,5 milhões de pessoas, por ano, fazem denúncias de esquemas de fraude, em prejuízos que superam 1,7 bilhões de dólares. E esses são apenas os casos reportados.

Uma modalidade antiga de golpe – o golpe por telefone – está voltando, numa versão atualizada, adequada à nova era digital. O formato é o mesmo: o golpista liga para a vítima em nome de uma organização conhecida e pede dinheiro ou oferece ajuda. Assim, ele consegue os dados pessoais da vítima e pode usar essas informações para cometer crimes ainda mais graves.

No Brasil, o golpe pelo telefone engloba as mais diversas modalidades, passando por “ligação premiada”, suposto pedido de socorro à família e até supostas ligações de parentes afastados há tempos, entre outros.

Os criminosos estão sempre se esforçando para desenvolver novas técnicas e contornar as leis, ainda assim, os golpes de velha guarda continuam a todo vapor, especialmente os esquemas de fraude aplicados por telefone. A Easy Solutions listou dicas que podem ajudar cidadãos de todo o mundo a se proteger (e a proteger seus bolsos), ao receber uma chamada de desconhecidos solicitando dados pessoais:

• Eu sou do governo e estou ligando para te ajudar. Empresas e instituições legítimas jamais ligarão para você pedindo dinheiro. Se receber uma chamada desse tipo, desligue. Se ainda tiver dúvidas sobre a validade da chamada, descubra os dados da instituição pela Internet e ligue você mesmo para eles. Qualquer empresa legítima tem interesse em saber que criminosos estão realizando golpes utilizando a marca dela.

• Não ceda à pressão. Saiba o momento de abandonar a chamada. Esteja atento para táticas de medo e situações de pressão. Os fraudadores usam ameaças e tentam convencer a vítima de que ela precisa agir imediatamente para impedir que algo terrível aconteça. Não caia na armadilha do desespero! Simplesmente desligue.

• Vamos nos conhecer melhor. Nunca, jamais forneça informações pessoais para qualquer pessoa em quem você não confia, especialmente em uma chamada que não foi solicitada por você.

• Gato escaldado… Os fraudadores conseguem disfarçar o número do telefone de onde estão ligando para fazer a vítima pensar que está recebendo uma chamada de uma organização legítima, como a de empresas conhecidas, entidades públicas, ou até mesmo a Receita Federal. Mais do que isso, eles podem fornecer números de retorno de chamada que parecem acima de qualquer suspeita. Esteja atento e informe imediatamente a instituição que impostores dizem representar.

• Cachorro velho, truques novos. Se acharem que terão alguma chance de sucesso, os fraudadores continuarão ligando. Mude as suas senhas, se existe a possibilidade de você ter compartilhado dados pessoas com impostores sem se dar conta. Faça o mesmo para os dados de acesso ao seu banco.

Quem nunca passou por uma situação como essa pode se achar imune à fraude, mas quem já vivenciou sabe quanto esses golpistas são amedrontadores e quanto conseguem extrair de informações pessoais, sem que a vítima nem perceba.

Destaques

Colunas & Blogs

Conteúdos Relacionados

Security Report | Mercado

Hotéis na mira do vazamento de dados

Pesquisa da Symantec revela que sites podem vazar suas informações de reserva, permitindo que outras pessoas vejam os dados pessoais...
Security Report | Mercado

Tendências de segurança em Sistemas de Controle Industriais

Análise categoriza e classifica os riscos mais recorrentes após observação empírica; menos um terço dos riscos críticos e de alta...
Security Report | Mercado

Minsait amplia oferta de inteligência e segurança de redes com a Allot

Aliança entre as empresas tem como foco suprir a demanda do mercado de telecom brasileiro por dados analíticos com foco...
Security Report | Mercado

Boldon James lança solução de classificação de dados

OWA Classifier estende o suporte de classificação de dados do Outlook para o Microsoft Office 365