[bsa_pro_ad_space id=3 delay=8]

Centro de Informática de Santa Catarina melhora política de backup dos dados

Com projeto implementado pela ZOOMtecnologia e que conta com as marcas globais Commvault e Huawei, o CIASC investe 7 milhões de reais para melhorar backup dos dados

Compartilhar:

O CIASC, Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina, é a empresa pública de tecnologia do Estado responsável por promover a transformação digital do governo e facilitar a vida dos 7,6 milhões de cidadãos de Santa Catarina e demais municípios de outros Estados próximos.


Dividido em quatro áreas, o CIASC presta serviços de: Rede de Governo, fazendo a gestão do tráfego de dados e serviços de rede de altíssima velocidade às instituições públicas do Estado; Nuvem e Data Center, Infraestrutura que objetiva armazenar e processar os mais importantes sistemas e base de dados de governo com total segurança e controle; Software e Plataformas, provendo sistemas computacionais e serviços digitais utilizados pelo governo do Estado para facilitar a experiência do cidadão nas diferentes áreas da sociedade; e Inteligência de Dados, promovendo análise de dados em tempo real, com informações dos diversos órgãos de governo a fim de auxiliar a administração pública na tomada de decisão.

O CIASC vem reforçando sua atenção à proteção de dados, especialmente para Secretarias e organizações públicas, em que as informações de contribuintes são críticas e de extrema importância à segurança, à credibilidade do dessa empresa pública e aos processos. Visando cumprir integralmente às demandas da LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados -, o CIASC tem investido na modernização de sua infraestrutura e adotou solução de ponta que engloba segurança, armazenamento e backup de dados.

Fazendo parte do projeto de atualização de sua infraestrutura, iniciado em 2021 e concluído em 2022, o CIASC expandiu em 60% a capacidade de seu sistema de armazenamento de dados, com investimentos de cerca de 5 milhões de reais no projeto de backup e outros 2 milhões em recursos para a expansão do storage. Agora, o CIASC conta com 600 TB (Terabytes) adicionais disponíveis em seu data center, num total de 1.5 PB (Petabytes) de capacidade.

Esses investimentos trouxeram maior proteção aos dados e segurança ao data center, assim como melhor desempenho e agilidade no processamento e acesso à informação. Devido à nova solução ser mais compacta, houve também a redução do espaço físico ocupado e, consequentemente, menor consumo de energia elétrica.

O projeto foi implementado pela integradora ZOOMtecnologia, a qual recomendou solução das fabricantes líderes de mercado, Commvault e Huawei. A Commvault foi apresentada pela sua liderança na tecnologia de gerenciamento de dados com funcionalidades que promovem detecção e proteção contra-ataques ransomware, além de identificarem anomalias de backup e alertarem imediatamente sobre possíveis riscos.

Em substituição ao sistema de backup antigo, foram implementadas a plataforma de software da Commvault e um storage híbrido Huawei OceanStor 5300 V5 com 1 PB de capacidade líquida. “Esta composição permitiu automatizar o armazenamento do backup local em disco e o envio de cópias secundárias de forma otimizada para a nuvem, agregando alta disponibilidade, escalabilidade, flexibilidade e maior segurança aos dados”, diz Rodrigo Santos – Diretor de Operações da ZOOMtecnologia. Atualmente, o CIASC protege três mil máquinas virtuais e um volume total de 1 PB de dados da produção, contando com suporte técnico da integradora 24 horas, por sete dias na semana.

Entre alguns benefícios práticos que a nova solução trouxe aos clientes internos do CIASC, destacamos a agilidade com a possibilidade de realizar operações do tipo “self service, ou seja, os usuários habilitados podem ter a autonomia para gerenciar seus próprios dados interagindo diretamente com a plataforma Commvault de forma simplificada e fazer cópias e restaurações de arquivos e pastas. A solução ainda permite, por exemplo, fazer o controle do volume de dados (em gigabytes) que seus backups ocupam.

Novas aquisições devem ser realizadas em razão do forte crescimento no armazenamento em bancos de dados relacionais e não relacionais, bem como de outros tipos de dados (documentos, vídeos, imagens etc), sendo que estes podem ser mais bem armazenados e recuperados em um storage de objetos, simplificando o armazenamento.

De acordo com Marcel Vilmar da Silva, DPO – Data Protection Officer do CIASC, a solução recomendada pela ZOOMtecnologia, que somou tecnologia de gestão e proteção de dados da Commvault com Huawei, contribuiu também para o desenvolvimento de novos projetos. “Lançamos o CIASC Eternal, um pacote de serviços que cobre desde a digitalização de conteúdo analógico até a guarda online e offline de dados digitais. Além de facilitar o acesso e a gestão de grandes volumes de arquivos, possui uma tecnologia exclusiva, desenhada para garantir a integridade das informações armazenadas por mais de mil anos”, celebra o executivo.


“Com o crescimento do volume de dados, ciberataques e projetos de transformação digital, é uma grande satisfação ter a responsabilidade de proteger e gerenciar os dados dos cidadãos da região de Santa Catarina através do CIASC em parceria com a ZOOMtecnologia”, diz Marcelo Rodrigues, diretor-geral da Commvault Brasil. “Ouvimos todos os dias o desejo das empresas de gerenciar todos os seus dados de forma inteligente e esperamos poder contribuir cada vez mais com esta evolução”, conclui Rodrigues.


Conteúdos Relacionados

Security Report | Overview

Cibercriminosos seguem mirando senhas fracas de PMEs na América Latina

Estudo da Kaspersky mostra que mais de 37% das pequenas e médias empresas latino-americanas sofreram alguma violação de cibersegurança nos...
Security Report | Overview

Novas vulnerabilidades críticas são encontradas em sistemas SAP, Cloudflare e WordPress, alerta laboratório

Consultoria Redbelt Security aconselha as empresas a adotarem uma abordagem colaborativa e proativa, adotando melhores práticas, tecnologias de vanguarda e...
Security Report | Overview

Febraban alerta para ligações de criminosos com falsas gravações para aplicar golpes

Como praxe, as organizações financeiras ligam para clientes como forma de confirmar transações consideradas suspeitas, mas jamais pedem dados pessoais...
Security Report | Overview

Ciberameaças às nuvens públicas crescem 93% em 2024, aponta relatório

Malware (41%), phishing (36%) e ransomware (32%) foram os que mais cresceram, atingindo principalmente ativos e armazenamento em Nuvem...