[bsa_pro_ad_space id=3 delay=8]

BT e Symantec buscam aumentar proteção do tráfego de rede

Parceria oferece mais segurança na nuvem e simplificação do gerenciamento através de integração de soluções, visualização e controle de fluxo de dados

Compartilhar:

A BT e a Symantec anunciam a integração da mais recente tecnologia da Symantec ao portfólio de serviços da BT de gerenciamento de segurança. O acordo beneficiará os clientes da BT com maior visibilidade do tráfego originado da Internet, e com a simplificação do gerenciamento da segurança de rede e da infraestrutura híbrida de nuvem.

 

Dois novos produtos – Symantec SSL Visibility Appliance e Symantec Cloud Service – irão complementar o serviço Symantec Blue Coat ProxySG, reforçando o portfólio BT de Gerenciamento de Segurança Web.

 

O Symantec SSL Visibility Appliance permite, a custo econômico, que as organizações eliminem os pontos cegos resultantes da falta de visibilidade dos dados criptografados que trafegam pela rede. Considerando que atualmente cerca de metade do tráfego Internet é criptografado, esse cenário pode gerar uma séria lacuna na segurança. Com o SSL Visibility Appliance, os clientes conseguem visualizar e controlar o tráfego criptografado, garantindo a conformidade com as suas políticas de privacidade e normas regulatórias.

 

O Symantec Cloud Service oferece aos clientes cobertura global e garante segurança contínua aos usuários de dispositivos ligados à rede contra malware, vírus e ameaças avançadas. O serviço utiliza a inteligência em tempo real da Symantec Global Intelligence Network, a maior rede global de inteligência de ameaças não governamental, que reúne dados de mais de 1 bilhão de solicitações na web, 2 bilhões de e-mails e 175 mil endpoints, atualizando em tempo real os controles de segurança a partir de dados de telemetria.

 

O acordo também inclui o acesso à plataforma Symantec Management Centre, requisito para a utilização dos novos produtos Symantec SSL Visibility Appliance e Symantec Cloud Service. Ela substitui o atual Blue Coat Director, que terá suporte garantido até 2020 para os clientes que possuem essa plataforma.

 

Mike Fey, Presidente e Chief Operating Officer da Symantec, ressalta que “a maior presença das soluções Symantec no portfólio da BT oferecerá aos seus clientes um serviço abrangente, fundamental no cenário atual de segurança cibernética. Com a oferta de visibilidade dedicada SSL, combatemos as ameaças ‘escondidas’ no tráfego criptografado, deixando que os clientes mantenham o foco nas prioridades de seus negócios. O Symantec Cloud Service permite que os clientes estendam a solução de segurança Blue Coat à sua força móvel, protegendo os usuários e as informações, em qualquer dispositivo, onde quer que se encontrem”.

 

Segundo Mark Hughes, CEO da área BT Security, “o monitoramento de ambientes de rede tornou-se cada vez mais complexo nos últimos anos. Assim, ampliar a visibilidade da atividade de tráfego criptografado e identificar pontos cegos na rede é fundamental para a segurança dos negócios. Nosso acordo com a Symantec atende a essa necessidade e constitui um passo adiante na oferta de um pacote completo e abrangente, capaz de proporcionar ao CISO (Chief Information Security Officer) as ferramentas de que precisa para o monitoramento de suas redes”.

 

Conteúdos Relacionados

Security Report | Mercado

Hotéis na mira do vazamento de dados

Pesquisa da Symantec revela que sites podem vazar suas informações de reserva, permitindo que outras pessoas vejam os dados pessoais...
Security Report | Mercado

Tendências de segurança em Sistemas de Controle Industriais

Análise categoriza e classifica os riscos mais recorrentes após observação empírica; menos um terço dos riscos críticos e de alta...
Security Report | Mercado

Minsait amplia oferta de inteligência e segurança de redes com a Allot

Aliança entre as empresas tem como foco suprir a demanda do mercado de telecom brasileiro por dados analíticos com foco...
Security Report | Mercado

Boldon James lança solução de classificação de dados

OWA Classifier estende o suporte de classificação de dados do Outlook para o Microsoft Office 365