[bsa_pro_ad_space id=3 delay=8]

Após incidente e resgate exigido, Prefeitura Municipal de Itapemirim anuncia restabelecimento do sistema

Em nota, órgão afirmou que os cibercriminosos exigiram o pedido de resgate em bitcoins de aproximadamente 250 milhões de reais. Nesta quarta-feira (13), o Município de Itapemirim (ES) comunicou o restabelecimento do sistema virtual BPMS e ressaltou que os dados foram recuperados através de Backup

Compartilhar:

A Prefeitura Municipal de Itapemirim, no estado do Espírito Santo comunicou que foi vítima de um ataque cibernético no último domingo (10) em seu sistema de processo digital. Segundo informações, os cibercriminosos responsáveis pela ação deixaram uma mensagem exigindo o pedido de resgate em bitcoins de aproximadamente 250 milhões de reais para liberarem o serviço afetado.

 

Por conta do incidente, alguns outros sistemas também foram prejudicados. Os órgãos competentes foram acionados para apurar o caso e estão adotando as medidas necessárias. A equipe técnica do órgão segue trabalhando para solucionar o incidente.

 

Nesta quarta-feira (13), o Município de Itapemirim informou o restabelecimento do sistema virtual BPMS, que trata o Gerenciamento dos Processos e documentos digitais do órgão. Apesar do impacto, os dados foram recuperados através de Backup.

 

Ainda nesta semana, o Secretário de Integridade Governamental e Transparência do Município de Itapemirim, Dr. Melquisedeque Gomes Ribeiro, acompanhado dos assessores Dra. Larissa Meleip e Plínio Leal, se reuniram com o Superintendente Regional da Polícia Federal no ES, o delegado Dr. Eugênio Ricas. Um dos assuntos abordados foi justamente o ataque cibernético que a Prefeitura Municipal de Itapemirim sofreu.

 

Equipe da Prefeitura e o Delegado Chefe da Polícia Federal do ES / Foto: Município Itapemirim

 

Órgãos públicos na mira dos cibercriminosos  

 

Essa não é a primeira vez que um órgão público é impactado. Em junho deste ano, a Prefeitura Municipal de Alegre, também no estado do Espírito Santo, comunicou que foi vítima de um ataque do tipo ransomware em seus servidores. Em comunicado divulgado na ocasião, afirmou que os estudos preliminares indicaram que grande parte dos dados foram afetados, impedindo o acesso por parte dos setores que fazem uso dos sistemas. Porém, o órgão afirmou que não há vazamento de dados.

 

Em agosto de 2021, a Prefeitura de Taboão da Serra (SP), foi vítima do mesmo ataque cibernético. Com o incidente, o servidor principal e o de backup foram comprometidos e as informações criptografadas. Apesar do ocorrido, os serviços essenciais não foram afetados e os atendimentos nas Unidades Básicas de Saúde foram mantidos.

 

Além disso, os Governos dos estados de Goiás e da Bahia foram impactados nos últimos meses. O primeiro sofreu uma invasão cibernética em seu site, mas que rapidamente foi identificada pelos técnicos, que adoram medidas de contenção no sistema. Já na Bahia, os criminosos praticaram a mesma ação contra diversos sites institucionais e chegaram a mudar o endereço dos portais, redirecionando o internauta para uma página com ataques e fake news contra o governador baiano Rui Costa.

 

A Security Report disponibiliza os comunicados completos da Prefeitura Municipal de Itapemirim na íntegra:

 

“O Secretário de Integridade Governamental e Transparência do Município de Itapemirim, Dr. Melquisedeque Gomes Ribeiro, acompanhado dos assessores Dra. Larissa Meleip e Plínio Leal, se reuniram na tarde desta terça-feira com o Superintendente Regional da Polícia Federal no ES, o delegado Dr. Eugênio Ricas.

 

Em pauta, o ataque cibernético sofrido pela Prefeitura de Itapemirim, que teve o sistema de processos eletrônicos invadido por hackers, os quais deixaram uma mensagem em inglês pedindo pagamento de resgate em bitcoins de aproximadamente 250 milhões de reais.

 

Na oportunidade foram apresentadas informações referente à malversação de recursos públicos federais recebidos pelo Município de Itapemirim, em especial na área da saúde e educação.

 

Comunicado divulgado ontem (13): 

 

O Município de Itapemirim comunica o restabelecimento do sistema virtual BPMS, que trata sobre Gerenciamento dos Processos e documentos digitais da Prefeitura. O sistema havia sido afetado por um ataque cibernético, porém os dados foram recuperados através de Backup –  cópias de segurança dos dados.” 

 

 

Conteúdos Relacionados

Security Report | Destaques

Eneva aposta em assessment para construir uma infraestrutura de segurança resiliente

Em parceria com a Cisco, a empresa decidiu priorizar uma abordagem personalizada para construir uma infraestrutura sólida e robusta. Case...
Security Report | Destaques

Prêmio Security Leaders: inscrições abertas

O Prêmio mais cobiçado do mercado de Segurança da Informação e Cibernética está no ar. Líderes, Heads e CISOs podem...
Security Report | Destaques

O Burnout Silencioso dos CISOs

Cada vez mais pesquisas de instituições relevantes apontam um processo acentuado de exaustão por parte dos Líderes de Segurança em...
Security Report | Destaques

AWS: Descentralização permite priorizar cultura de Segurança nas empresas

O representante de Segurança Cibernética da Amazon Web Services na América Latina, Marcello Zillo, conversou com jornalistas durante o re:Inforce...