ANPD deve ser sancionada nos próximos dias

Fontes de Brasília informaram ao Portal Security Report que a Autoridade Nacional de Proteção de Dados será sancionada ainda em julho e cumpre a promessa de garantia de segurança à população pelo governo Bolsonaro

Compartilhar:

A Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD) deverá ser sancionada pela Presidência da República nos próximos dias. Essa é a informação obtida pela Security Report por meio de fontes em Brasília. Nas duas últimas semanas, a agenda do governo foi marcada por questões relacionadas à Segurança da Informação, com a PEC, que inclui a proteção de dados pessoais – inclusive nos meios digitais – na lista de direitos e garantias fundamentais do cidadão, e a criação do o Comitê de Governança Digital e Segurança da Informação, pelo Ministério de Desenvolvimento Regional.

 

Depois de sancionada a Autoridade, o presidente designará os cinco servidores para compor o chamado conselho diretor. Definido isso, eles serão sabatinados pelo Senado Federal. Uma vez aprovado, será escrito ainda o regimento da Autoridade.

 

O regimento vai tratar, inclusive, do quadro de cargos específicos dessa autoridade. Segundo a legislação, esses cargos serão preenchidos por remanejamento da própria administração pública federal e envolve outras processualísticas que exigem o consentimento de origem e avaliação desses servidores. A partir daí, a Autoridade começa a atuar com plenitude.

 

Impacto para a sociedade

 

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, e seu governo estão cumprindo a agenda prometida em sua campanha presidencial, quando uma das bandeiras é a garantia da segurança física e digital do cidadão.

 

 

“O que se percebe com essa agenda da Proteção de Dados Pessoais e a sanção da ANPD é justamente o compromisso do governo Bolsonaro. É fundamental que o Brasil consiga se manter competitivo, inovar, mas principalmente estar alinhado com as melhores práticas internacionais relacionadas à proteção de dados pessoais. Para isso, tanto a lei LGPD (13.709) como a efetivação da Autoridade são fundamentais para o País implementar essas estratégicas”, diz Patrícia Pack, sócia da Pires & Gonçalves Advogados Associados e especialista em direito digital.

 

Na visão dela, não é uma questão somente de ter a lei, mas criar política pública para viabilizá-la. “Além da autoridade, será necessário capacitar a ANPD e a população precisará de orientações, o que significa campanhas educativas para entender os impactos do que representa a proteção de dados pessoais”, observa.

 

 

Para Alex Amorim, CISO e DPO, “do ponto de vista de segurança, a sanção é extremamente importante e o direito fundamental à proteção de dados pessoais garantirão uma visibilidade e uma grande importância para a área de SI e a proteção de dados”.

 

 

Amorim acredita que, de forma geral, há a possibilidade de os CISOS e gestores de segurança terão mais apoio do board das empresas a partir da sanção da ANPD. “Como pessoa física, a Autoridade Nacional dará capacidade de questionar as empresas e a os direitos fundamentais permitirão revogar os direitos que são do cidadão”, aponta quando considera duas ponderações complementares: uma da LGPD sobre a multa e a outra que é o direito fundamental de proteção de dados.

 

“Portanto, o Brasil ganhará maior visibilidade para a população e aos CISOS maior respaldo para tratar do tema segurança com o conselho administrativo e CEOs das organizações. Outro ponto é que a empresa que cumprir a estratégia de proteção de dados terá maior projeção porque mostrará que está extremamente preocupada com o cidadão”, conclui Amorim.

 

“A sanção da ANPD está dentro da agenda de crescimento e ajuste do Brasil alinhado às tendências de outros Países, uma vez que a União Europeia já vinha cobrando uma legislação brasileira  no mesmo nível que a GDPR”, finaliza Patrícia Pack.

 

Conteúdos Relacionados

Security Report | Destaques

Sistema de Informações do Ministério da Gestão sofre ataque cibernético

O Sistema Eletrônico de informações é responsável por gerir documentos e processos digitalizados, visando promover a eficiência administrativa. Em nota,...
Security Report | Destaques

Polícia Federal abre operação contra ciberataque e fraude na Caixa

Incidente ocorreu em 2020, quando 150 contas bancárias titularizadas de 40 prefeituras pelo país tiveram transações irregulares. Em nota, a...
Security Report | Destaques

Ataque DDoS foi movido por grupo hacktivista, confirma Universidade do Amapá

Incidente ocorrido esta semana havia paralisado as operações digitais da instituição por meio de aumento do tráfego malicioso. Em nota,...
Security Report | Destaques

Bug no controle de falhas possibilitou atualização ruim do Falcon, diz relatório

Em reporte preliminar pós-incidente divulgado hoje (24), a companhia ofereceu mais detalhes do que possibilitou o incidente que paralisou diversos...