A (in)segurança na quarta revolução industrial

Ataques cibernéticos a carros inteligentes podem provocar acidentes fatais, o comprometimento de dispositivos inseguros conectados à internet para realização de ataques de negação de serviço será cada vez mais comum, caso não tenhamos controles eficientes para proteger a Internet das Coisas

Compartilhar:

Nanotecnologia, biotecnologia, ciência dos materiais, robótica, Internet das Coisas, inteligência artificial, veículos autônomos e blockchain são algumas das inovações que estão, na sua maioria, em estágio inicial, mas já próximas do ponto de inflexão do seu desenvolvimento, ou seja, daqui a pouco a sociedade terá acesso a essas inovações. Segundo o professor Klaus Schwab, autor do livro A Quarta Revolução Industrial, as mudanças provocadas por essa revolução são tão profundas, que, na perspectiva histórica da humanidade, nunca houve um momento tão promissor e potencialmente perigoso.

 

Para o indiano naturalizado americano Vivek Wadhwa, um dos mais influentes especialistas em inovação e tecnologia da atualidade, em 20 anos os humanos serão superados por sistemas de inteligência artificial (IA). Em uma entrevista concedida em 2017, Wadhwa afirmou: “Estamos criando uma nova espécie e não temos ideia do que ela é. Os macacos sabiam o que resultaria de sua evolução, o que viria a ser um humano?”.

 

Elon Musk, presidente executivo da Tesla, é outro que constantemente chama atenção para a ameaça potencial que a IA pode representar à nossa civilização. Ambos defendem a regulamentação para evitar que a corrida pela adoção da IA não extrapole os limites de segurança. Cabe lembrar que a IA é parte da profusão de novidades tecnológicas que marcam a quarta revolução industrial.

 

A privacidade é impactada por grande parte das mudanças tecnológicas que fazem parte dessa revolução e provoca algumas reflexões; o quanto a sociedade está disposta a abrir mão do direito à privacidade em nome da comodidade ou de benefícios, por exemplo, ao adotas as tecnologias implementáveis? Marcos legais, como o General Data Protection Regulation (GDPR), serão suficientes para garantir o direito à privacidade?

 

Ataques cibernéticos a carros inteligentes podem provocar acidentes fatais, o comprometimento de dispositivos inseguros conectados à internet para realização de ataques de negação de serviço será cada vez mais comum, caso não tenhamos controles eficientes para proteger a internet das coisas.

 

Novos modelos de negócios, como aqueles que surgem com a evolução da impressão 3D, no qual o ativo comercializado é o modelo, e não mais o produto em si, estão suscetíveis à pirataria, caso não sejam adotados modelos de controle de acesso eficientes. A quarta revolução industrial, diferentemente do que o título deste artigo possa sugerir, não é necessariamente insegura, contudo impõe uma série de desafios no que diz respeito à proteção e à continuidade dos novos modelos de negócios. A superfície de ataque é bastante ampla (reúne diferentes tipos de sistemas ciberfísicos interconectados via nuvem), o ambiente é mais complexo, se comparado com redes corporativas (as comunicações não ocorrem apenas baseadas em protocolos conhecidos), e os impactos de ataques cibernéticos bem-sucedidos em uma fábrica ou cidade inteligente podem resultar em um cenário que nem mesmo as equipes mais qualificadas de resposta a incidentes possuem experiência para tratar.

 

* Leonardo Lemes é diretor de Segurança Cibernética da Service IT

 

Destaques

Colunas & Blogs

Conteúdos Relacionados

Security Report | Overview

Soluções de proteção dos usuários miram portifólio dos marketplaces internacionais

Os clientes da AWS em todo o mundo podem agora implantar o conjunto de proteção de pessoas e informações da...
Security Report | Overview

Pesquisa aponta que 36% do setor de Indústria tem níveis altos de conscientização em Cyber

Pesquisa da Zoho revela que organizações da região, especialmente as empresas brasileiras, têm nível alto de conscientização sobre segurança digital,...
Security Report | Overview

Novas brechas expõem ameaças à sistemas Windows, Cisco e Palo Alto, diz pesquisa

Relatório elaborado pela consultoria especializada em cibersegurança também destaca o surgimento de uma campanha massiva de phishing, que tem como...
Security Report | Overview

Cibersegurança nas PMEs: Controle de senhas é primeiro desafio a se enfrentar

Na visão de especialista em direito digital, aplicar melhores práticas de governança é um dos grandes trunfos na Segurança Cibernética...