99 investiga denúncias de fraudes a perfis de motoristas

Segundo Tatiana Scatena, Diretora de Segurança da 99 Tecnologia, 0,006% dos parceiros foram afetados com ataques cibernéticos e eventual roubo dos dados. Em nota, companhia informa que investiga as circunstâncias do incidente a fim de tomar as medidas necessárias para resolver o problema e amparar os motoristas afetados

Compartilhar:

A Câmara Municipal de São Paulo promoveu no início do mês, uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) dos Aplicativos e ouviu representantes das OTTCs (Operadora de Tecnologia de Transporte Credenciada) 99 Tecnologia e Uber do Brasil e da plataforma Zé Delivery.  Durante a CPI, os depoimentos abordaram as medidas de segurança voltadas a motoristas e passageiros, relação e remuneração das viagens e a situação legal das empresas 99 e Uber.

 

Tatiana Scatena, Diretora de Segurança da 99 Tecnologia, revelou durante a CPI que 0,02% das corridas na capital apresentam alguma reclamação de segurança na plataforma, que vão desde incidentes mais leves até casos de roubos ou sequestros. Desse número, 0,004% são considerados casos críticos ou incidentes graves. Com o investimento nas medidas de segurança, a Diretora da 99 afirmou que foi registrada redução de 37,5% nas ocorrências graves registradas no aplicativo.

 

Em relação às denúncias de possíveis hackeamento na base de dados dos motoristas cadastrados na plataforma, Tatiana admitiu o incidente e ressaltou que 0,006% dos parceiros foram afetados com o ataque e eventual roubo e mal uso dos dados. De acordo com a Diretora, a 99 está investigando as circunstâncias do incidente e tomando as medidas necessárias para resolver o problema e amparar os motoristas afetados.

 

A Security Report entrou em contato com a assessoria da 99 para comentar o caso e disponibiliza comunicado completo na íntegra:

 

“A 99 informa que está investigando as denúncias sobre as possíveis fraudes a perfis de alguns motoristas parceiros desde a primeira notificação recebida. Esclarecemos que estamos atuando para corrigir quaisquer problemas e que nossa equipe está em contato com a pequena parcela da base de condutores ativos afetados (0,006% do total) para o devido acolhimento, a normalização do cadastro e compensação de eventuais prejuízos financeiros, onde cabível. O app continua operando em segurança para os demais usuários. 

 

Motoristas parceiros que tenham sido afetados devem reportar imediatamente através dos canais de atendimento da 99: pelo telefone 0300 3132 421, presencialmente nas Casas99 ou na Casa99 Virtual (com horário agendado em uma chamada de vídeo). 

 

A 99 esclarece que as práticas de proteção da informação e privacidade da empresa são certificadas internacionalmente pela ISO 27001 (referente à segurança da informação) e ISO 27701 (atestando nossas práticas em gestão de informações e privacidade). Também seguimos os padrões PCI-DSS para garantir a segurança sobre as informações relacionadas aos pagamentos com cartões e, além disso, tomamos medidas que incluem reconhecimento facial de motoristas parceiros para o acesso à plataforma.”

 

*Com informações da Câmara Municipal de São Paulo (SP) 

Conteúdos Relacionados

Security Report | Destaques

Apagão Cibernético traz lição sobre vulnerabilidade da cadeia global

A crise desencadeada pela falha na atualização do ambiente CrowdStrike mostrou como a hiperdependência de sistemas digitais pode levar a...
Security Report | Destaques

Falha em ambiente CrowdStrike provoca apagão cibernético

Diversas organizações ao redor do mundo, incluindo Linhas Aéreas, Instituições financeiras e varejistas enfrentam uma pane geral em seus sistemas....
Security Report | Destaques

SESC MG aprimora estratégia de segurança cibernética

Em parceria com a Lumu Technologies, a instituição tinha como demanda melhorar as diretrizes de Cibersegurança, superando os desafios de...
Security Report | Destaques

Procon-SP abre investigação sobre vazamento de dados na Netshoes

Devido a um incidente cibernético contra seus sistemas internos, o e-commerce de artigos esportivos alertou o mercado na última quarta-feira...