[bsa_pro_ad_space id=3 delay=8]

Professores receberão treinamento em Cibersegurança com apoio de vendor

As escolas públicas dos ensinos fundamental e médio do Brasil poderão treinar profissionais de educação com habilidades fundamentais de segurança cibernética e as melhores práticas de segurança na Internet

Compartilhar:

A Fortinet, como parte do Fórum de CEOs EUA-Brasil realizado em Brasília, e reforço das suas recomendações de treinamento em cibersegurança, anunciou o investimento de 13,5 milhões de dólares para disponibilizar gratuitamente o serviço de Conscientização e Treinamento em Segurança: Edição Educacional para aproximadamente 1,9 milhão de professores e gestores de escolas públicas dos ensinos fundamental e médio em todo o Brasil. O serviço oferece treinamento on-line em segurança cibernética personalizado para gestores escolares, professores e funcionários da educação.

“A Fortinet tem orgulho de levar o serviço de Conscientização e Treinamento em Segurança da Informação em português e sem custos para todas as escolas públicas de ensinos fundamental e médio do Brasil. Com base na implementação bem-sucedida nos Estados Unidos, estamos entusiasmados em trazer uma versão local e personalizada para professores e gestores escolares para aumentar a conscientização cibernética, apoiando na prevenção de ataques hackers e na ampliação da proteção e da privacidade dos dados dos sistemas escolares”, disse Marc Asturias, vice-presidente de Marketing e Governo da Fortinet para América Latina, Caribe e Canadá.



“A Fortinet está ansiosa para trabalhar com as escolas públicas do Brasil e ajudá-las a treinar seus funcionários e seus professores em um conjunto de habilidades e de conhecimentos que evitam que eles sejam vítimas de métodos populares de ameaças cibernéticas, como vírus e tentativas de engenharia social, e ajudam a reduzir a probabilidade de uma violação cibernética.”

A Fortinet está expandindo sua oferta de treinamento gratuito como parte do seu compromisso de treinar 1 milhão de pessoas em segurança cibernética até 2026 e de ajudar a preencher a lacuna de competências no Brasil e no mundo. No país, há cerca de 1,9 milhão de professores, isso representa um investimento significativo da Fortinet no Brasil e reforça o compromisso da empresa em enfrentar a escassez de talentos em cibersegurança, apoiando o governo brasileiro por meio de parcerias públicas e privadas.

“Implantar este serviço de treinamento e conscientização em segurança cibernética no país é um esforço conjunto em apoio ao governo federal e aos governos estaduais brasileiros”, afirmou Frederico Tostes, country manager da Fortinet Brasil e vice-presidente de Cloud para a América Latina e Canadá. “Isso ressalta o compromisso da Fortinet em promover o desenvolvimento digital seguro no país; disponibilizar este serviço a todos os professores dos ensinos fundamental e médio representa um investimento estimado em 13,5 milhões de dólares.”

Treinamento cibernético gratuito para educadores das escolas públicas

Como parte do serviço de treinamento personalizável, os funcionários das escolas podem definir campanhas e selecionar quais módulos do treinamento implantar e nos intervalos que desejarem. O treinamento é composto por 20 módulos, incluindo Maus Atores, Privacidade de Dados, Ameaças Internas, Segurança Móvel (Celular), Engenharia Social, Mídias Sociais e muito mais.

O Relatório Global de Habilidades em Segurança Cibernética de 2023 da Fortinet descobriu que 83% das violações podem ser atribuídas à falta de habilidades ou de conscientização em segurança cibernética. As instituições educacionais estão observando um aumento no uso de dispositivos pessoais (BYOD) por parte de alunos, professores e gestores, entre outros desafios de TI, o que as deixa mais vulneráveis a ameaças devido à expansão da superfície de ataque. Como resultado, as instituições de ensino devem garantir a proteção dos seus ativos digitais críticos e das informações confidenciais dos seus alunos.



A Edição Educacional do serviço de Conscientização e Treinamento em Segurança da Fortinet busca enfrentar esse desafio. A iniciativa foi lançada pela primeira vez nos EUA durante a Cúpula Nacional da Força de Trabalho e Educação Cibernética da Casa Branca de 2022, na qual a Fortinet participou de discussões importantes para resolver a escassez global de talentos com habilidades cibernéticas. A Fortinet também implantou este serviço para professores e funcionários escolares no Canadá, Reino Unido, Austrália e, agora, no Brasil.



Conteúdos Relacionados

Security Report | Overview

50% dos profissionais financeiros foram alvos de incidentes cibernéticos em 2023

Diante dos desafios da transformação tecnológicos, a Genetec ponta como caminho a convergência das soluções de segurança patrimonial e cibernética...
Security Report | Overview

Malwares focam esforços aos serviços de nuvem em telecom, revela estudo

Segundo informou a análise de ameaças da Netskope, o setor possui uma margem de 7% no número de ataques em...
Security Report | Overview

Risco de Ciberataques nas Olimpíadas reforçam demanda por Segurança preventiva

Eventos internacionais de grande porte como os Jogos Olímpicos tendem a se tornar importantes alvos do cibercrime, devido à exposição...
Security Report | Overview

ANPD é formalizada como coordenadora do Sistema Nacional de Inteligência Artificial

Como órgão de coordenação do SIA, a ANPD receberá novas atribuições. Caberá à Autarquia representar o Brasil perante organismos internacionais,...