[bsa_pro_ad_space id=3 delay=8]

Jornada profissionalizante em Cibersegurança abre inscrições

O programa CiberEducação chega à 7ª edição e já formou mais de 5 mil profissionais. As inscrições estão abertas até 01 de outubro

Compartilhar:

O programa CiberEducação Cisco Brasil, que já formou mais de 5 mil novos talentos em Cibersegurança, abre inscrições para sua sétima edição, com cursos profissionalizantes gratuitos em segurança digital. Os interessados têm até o dia 01 de outubro para se inscreverem gratuitamente pelo site. Serão oferecidas 1.500 bolsas de estudo em capacitação profissionalizante.

O programa é destinado a estudantes que cursam o último ano do Ensino Médio, graduados ou estudantes de ensino superior ou cursos técnicos, que possuem interesse em trabalhar no segmento de segurança cibernética.

A primeira etapa da iniciativa consiste na Maratona CiberEducação, que vai do dia 11 de setembro até 01 de outubro. Consiste no curso online Fundamentos em Cibersegurança, onde cada aluno pode seguir seu ritmo de estudos em uma maratona de 3 semanas, com 30 horas de duração. Os melhores alunos serão encaminhados para a segunda fase, de capacitação profissionalizante.

Neste segundo momento, os alunos selecionados passam pela formação em “CCNA-1 + CyberOps Associate”, com 140 horas de duração, assim como conhecimentos complementares, oferecidos em conjunto com parceiros educacionais. Na terceira fase, os participantes poderão aplicar os conhecimentos adquiridos na prática, através de oportunidades de estágio e emprego oferecidos pelo ecossistema de organizações parceiras.

O CiberEducação foi lançado em 2020 com o objetivo de desenvolver a nova geração de profissionais de cibersegurança do país. O programa faz parte da iniciativa de aceleração digital Brasil Digital e Inclusivo e do Cisco Networking Academy e já formou mais de 20 mil alunos em cursos intermediários de segurança digital e mais de 5 mil novos talentos em cursos profissionalizantes em cibersegurança e redes.

Segundo a Cybersecurity Ventures, o mercado brasileiro de segurança cibernética vale US$ 5,8 bilhões, com uma taxa média de crescimento anual de 24%. A Cisco é reconhecida como líder mundial em Cibersegurança, não apenas pela oferta de tecnologias inovadoras, mas também pela capacitação de alunos para atender às reais demandas do mercado de trabalho. De 2020 a 2023, o programa CiberEducação conectou mais de 1 mil alunos a oportunidades de empregos, além formar mais de 500 docentes em todo o Brasil.

O CiberEducação conta com parceiros estratégicos como SENAI Nacional, Centro Paula Souza, Escola de Comunicações do Exército Brasil e Senac, que apoiam a fase de capacitação profissionalizante em segurança digital. A empresa também tem parceria com o CIEE, para apoio aos alunos na busca por oportunidades de estágio e de emprego fixo no ecossistema de empresas clientes ou associadas à Cisco.

“O setor de cibersegurança demanda constantemente novos profissionais e o Programa CiberEducação Cisco Brasil está ajudando na capacitação da nova geração do setor. Preparamos os profissionais para atuarem em uma das áreas que mais cresce no mundo, passando desde os fundamentos básicos até a capacitação especializada. A Cisco, como líder em tecnologia, quer apoiar o início dessa carreira promissora por meio de uma jornada educacional 100% digital e gratuita”, aponta Gabriel Bello Barros, líder do Cisco Networking Academy no Brasil.


Conteúdos Relacionados

Security Report | Overview

Relatório contabiliza 50% dos profissionais financeiros acusando um ciberataque em 2023

Diante dos desafios da transformação tecnológicos, a Genetec ponta como caminho a convergência das soluções de segurança patrimonial e cibernética...
Security Report | Overview

Malwares focam esforços aos serviços de nuvem em telecom, revela estudo

Segundo informou a análise de ameaças da Netskope, o setor possui uma margem de 7% no número de ataques em...
Security Report | Overview

Risco de Ciberataques nas Olimpíadas reforçam demanda por Segurança preventiva

Eventos internacionais de grande porte como os Jogos Olímpicos tendem a se tornar importantes alvos do cibercrime, devido à exposição...
Security Report | Overview

ANPD é formalizada como coordenadora do Sistema Nacional de Inteligência Artificial

Como órgão de coordenação do SIA, a ANPD receberá novas atribuições. Caberá à Autarquia representar o Brasil perante organismos internacionais,...