[bsa_pro_ad_space id=3 delay=8]

Especialistas alertam para preocupante crescimento de 85% de ransomware no Brasil

Levantamento revelou que em média, 13 mil ataques contra empresas aconteceram todos os meses

Compartilhar:

Os especialistas da ISH Tecnologia, descobriram um preocupante aumento nas ocorrências de ransomwares no Brasil. De acordo com dados da companhia, somente no primeiro semestre de 2021, as ocorrências do ataque cresceram em 85%.

 

Um dos ciberataques mais recorrentes no mundo, o ransomware consiste no sequestro de dados confidenciais e sensíveis de pessoas e/ou empresas, que só são devolvidos mediante um pagamento via criptomoedas (muitas vezes altíssimo). Em um ataque registrado no mês de julho, a empresa de serviços de tecnologia Kaseya sofreu um golpe cujo “resgate” estava custando 70 milhões de dólares.

 

O levantamento da ISH também revela que a média mensal de ataques contra empresas foram impressionantes 13 mil. “O cenário de trabalho remoto reforça a necessidade de prestar muita atenção nas normas adotadas para cibersegurança. É melhor estar preparado antes do ataque acontecer, porque recuperar o que foi perdido será uma tremenda dor de cabeça e nem sempre  possível”, analisa Leonardo Camata, especialista em Segurança da Informação da ISH. Desta média mensal, 57% dos ataques foram identificados como ransomwares.

 

Recentemente, o mundo olhou preocupado o ransomware que atingiu o Colonial Pipeline, maior oleoduto dos Estados Unidos. O ataque fez com que postos de gasolina de todo o país sofressem com falta de abastecimento e colocou a nação em estado de alerta. “Este caso só nos mostra como uma pequena brecha pode ter resultados desastrosos, causando transtornos a uma grande parcela da sociedade”, diz Camata.

 

Aqui no Brasil, o alerta foi ligado com o mais recente ransomware atingindo o Tesouro Nacional, na noite da última sexta (13). O país lidera o ranking de tentativas de ciberataques na América Latina, e está em quinto lugar no ranking global de sequestros de dados. “Além de vulnerabilidades no ambiente das empresas, o ransomware se utiliza do pouco treinamento ou desconhecimento que as vítimas têm de como funcionam esses ataques”, ressalta o especialista da ISH.

 

Por fim, Camata lista algumas dicas comuns para se defender de um ransomware e mitigar os danos:

 

• Mantenha backups de dados criptografados e offline e teste-os regularmente;

 

• Crie, mantenha e execute um plano básico de resposta a incidentes cibernéticos, um plano de recuperação e um plano de comunicações associado;

 

• Mitigar vulnerabilidades e configurações incorretas voltadas para a Internet;

 

• Reduza o risco de e-mails de phishing, por meio de filtros de spam e programas de treinamento;

 

• Utilize as melhores práticas disponíveis de segurança cibernética, como antivírus e lista de permissões de aplicativos.

Conteúdos Relacionados

Security Report | Overview

50% dos profissionais financeiros foram alvos de incidentes cibernéticos em 2023

Diante dos desafios da transformação tecnológicos, a Genetec ponta como caminho a convergência das soluções de segurança patrimonial e cibernética...
Security Report | Overview

Malwares focam esforços aos serviços de nuvem em telecom, revela estudo

Segundo informou a análise de ameaças da Netskope, o setor possui uma margem de 7% no número de ataques em...
Security Report | Overview

Risco de Ciberataques nas Olimpíadas reforçam demanda por Segurança preventiva

Eventos internacionais de grande porte como os Jogos Olímpicos tendem a se tornar importantes alvos do cibercrime, devido à exposição...
Security Report | Overview

ANPD é formalizada como coordenadora do Sistema Nacional de Inteligência Artificial

Como órgão de coordenação do SIA, a ANPD receberá novas atribuições. Caberá à Autarquia representar o Brasil perante organismos internacionais,...