[bsa_pro_ad_space id=3 delay=8]

Dispositivos móveis com mais proteção e segurança para os colaboradores

Tecnologia pode auxiliar empresas em Home Office, instituições de ensino que precisam disponibilizar infraestrutura móvel aos alunos que estudam a partir de casa e também ao mercado financeiro

Compartilhar:

A Embratel lançou o Claro Monitor, novo serviço do portfólio de MDM (Mobile Device Management). A solução fornece mais visibilidade, segurança, economia e flexibilidade no gerenciamento e integração de dispositivos móveis. Com a novidade, organizações de todos os portes e segmentos podem gerir de forma remota os dispositivos de seus colaboradores e, ao controlar e proteger os dados e definições de configuração, a solução auxilia na redução de custos, riscos do negócio e no aumento de produtividade.

 

Com o Claro Monitor, a Embratel passa a oferecer ainda mais controle e segurança para empresas que fornecem dispositivos móveis para a execução de atividades de seus funcionários. Também pode auxiliar empresas com colaboradores em Home Office; instituições de ensino que precisam disponibilizar infraestrutura móvel aos alunos que estudam a partir de casa; e ao mercado financeiro, que precisa manter em segurança as informações compartilhadas entre funcionários via celular ou tablet, por exemplo, entre diversos outros segmentos.

 

“Estamos constantemente buscando prover novidades para melhorar a produtividade dos nossos clientes. Com o Claro Monitor, oferecemos um serviço ainda mais completo ao mercado. Nesse momento, em que as atividades se tornaram mais remotas e a comunicação mais descentralizada, as empresas precisam contar com uma solução mais robusta e integrada para manter o controle e a segurança dos dispositivos móveis mesmo fora de suas redes”, afirma Mário Rachid, Diretor-Executivo de Soluções Digitais da Embratel.

 

O Claro Monitor permite a distribuição de aplicações e configurações para os equipamentos móveis, tornando simples a gestão dos dispositivos. O gestor do sistema pode atribuir perfis de acesso e de bloqueio de uso a determinados recursos segundo a necessidade de cada pessoa e o tipo de aparelho que ela estiver utilizando, ajudando a aumentar a eficiência e produtividade das equipes.

 

Com a solução da Embratel, empresas de diversos setores e instituições do Governo podem estipular regras de uso das linhas móveis fornecidas a colaboradores; determinar os sites e aplicativos que poderão ser acessados e em quais horários; analisar o consumo de dados por aplicativos, evitando que sejam utilizados em apps não relacionados aos negócios; bloquear ou desbloquear o compartilhamento de hotspot e enviar arquivos para qualquer dispositivo conectado da empresa em tempo real, por exemplo.

 

“Isso possibilita monitorar o consumo de forma mais assertiva, garantindo o uso de dados de acordo com as políticas da instituição. Além disso, a plataforma permite que gestores se comuniquem com os colaboradores enviando mensagens e arquivos via push”, diz Rachid.

Conteúdos Relacionados

Security Report | Overview

ANPD é formalizada como coordenadora do Sistema Nacional de Inteligência Artificial

Como órgão de coordenação do SIA, a ANPD receberá novas atribuições. Caberá à Autarquia representar o Brasil perante organismos internacionais,...
Security Report | Overview

Nova ameaça do AllaSenha no Brasil faz setor financeiro entrar em alerta

Novo método de ataque, baseado em infecção de scripts Python e uso de plataforma Azure como Comando e Controle tem...
Security Report | Overview

95% das empresas têm problemas de segurança nas APIs, apura novo relatório

Relatório Salt Security State of API destaca ecossistemas de API em rápido crescimento, o aumento da atividade de ataques e...
Security Report | Overview

Laboratório de threat intel detecta roubo de credenciais em quase 800 empresas globais

O grupo Sophos X-Ops, focado em pesquisas no cenário cibercriminoso internacional, detectou uma nova campanha de comprometimento de credenciais válidas...